Sobrepeso adquirido na pandemia agrava os problemas no joelho e quadril

As nutricionistas Bianca Prada e Gabriele Protecz explicam sobre a prevenção e cuidados no combate da obesidade

O dia Mundial da Obesidade, é celebrado em 4 de março, e existe para chamar a atenção ao tema e para incentivar soluções práticas que ajudem as pessoas a alcançar e manter um peso saudável, realizando tratamentos adequados revertendo o aumento crescente da obesidade.

Em entrevista ao Correio do Povo, as nutricionistas Bianca Prada e Gabriele Protecz reforçam as medidas de saúde que devem ser adotadas contra a obesidade.

Pandemia

A permanência em casa, segundo Bianca, contribui para o aumento do estresse e, consequentemente, para mudanças fisiológicas no organismo. Entre elas o estresse provoca elevação na produção do hormônio cortisol, que aumenta o apetite, principalmente pelo consumo de comidas calóricas, ressalta.
Segundo estudos, a população brasileira se destacou no ganho de peso durante a pandemia no período de dois anos, onde a média é de 6,5 quilos.

Condições da obesidade

Segundo Gabriele, as condições crônicas como doença renal, osteoartrose, câncer, diabetes mellitus (DM), apneia do sono, doença hepática gordurosa não alcoólica, hipertensão arterial e doença cardiovascular, estão francamente associadas a obesidade.

“As principais informações são para reforçar os cuidados com alimentação, com a obesidade na infância e dar atenção ao índice de massa corpórea (IMC), e o tratamento da doença com o respeito merecido”.

Sobrepeso

Um dos fatores que comprovadamente agravam os problemas nas articulações do joelho e quadril é o sobrepeso. O que chama a atenção é a redução em 63% no número de cirurgias de próteses de joelho pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Os dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que correspondem aos procedimentos feitos por planos de saúde no país, apresentaram queda de 41,39%. Ao todo, foram realizados 10,62 mil procedimentos em 2019 e em, 2020, apenas 6.224.
O estudo, publicado em novembro de 2021, pelo Brazilian Journal of Development e intitulado “Impacto da pandemia pelo Covid-19 nos procedimentos de Artroplastia Total do Joelho (ATJ) no SUS”, apontou a redução que a região mais afetada foi o Centro-Oeste do país, com uma diminuição de 79,20% nas cirurgias. Apenas no Paraná a redução do número de próteses de joelho pelo SUS foi de 68%, saindo de 1.088 procedimentos realizados em 2019, para 329 em 2021.

Joelhos

Cada quilo a mais na balança representa uma sobrecarga de, aproximadamente, 8 quilos para as articulações dos joelhos. “A obesidade agravou muito os problemas nas articulações durante o isolamento, devido à redução nas possibilidades dos pacientes realizarem atividades e aliada ao aumento na ingestão de alimentos”, comenta Bianca.
Uma recente pesquisa da Diet & Health Under Covid-19, que entrevistou 22 mil pessoas de 30 países em 2021, relatou que cerca de 52% dos entrevistados declararam ter engordado. A média global é de apenas 31%. Além disso, de acordo com a última Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Ministério da Saúde, um em cada quatro adultos está obeso. São 29,5% das mulheres e 21,8% dos homens.

Quadril

Ortopedistas afirmam que a obesidade, em relação a articulação do quadril, sofre muita influência por conta do peso, pois suporta por passo, de duas a três vezes o peso do corpo.

Recentemente, o The Journal of Arthroplasty divulgou um artigo onde a Associação Americana de Cirurgiões de Quadril e Joelho recomenda que pacientes com sobrepeso e obesidade continuem seus tratamentos ortopédicos, principalmente artroplastias de quadril.

Ou seja, com o aumento de peso adquirido na pandemia, o risco para o desenvolvimento de artrose cresce. Essas pessoas terão dificuldades de retorno às atividades físicas, obtendo maior risco de lesão. É necessário cuidado e o acompanhamento profissional é indispensável.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail