Abram alas: Paraná sem pedágios por quase um ano

Região da Cantu tem duas praças de pedágio, uma em Laranjeiras e a outra em Candói. Ambas estarão desativadas por aproximadamente um ano

Sabe a rodovia 277? Essa que começa no litoral do Paraná, em Paranaguá, e termina em Foz do Iguaçu (ou vice e versa)? Pois ela, que rasga a Cantuquiriguaçu, e outras das principais vias do estado, onde o pedágio para automóvel custa até R$ 26, terão tráfego gratuito a partir de 28 de novembro. E a previsão é de que isso se estabeleça por um ano aproximadamente.

O caso

Isso deve-se ao fato do governo federal ter adiado, no dia 10 de outubro, o cronograma para a assinatura de novos contratos de concessão de estradas do “anel de integração” do Paraná. A expectativa até então era de que esses contratos fossem firmados ainda no 2º semestre de 2022. Com o adiamento, só será possível a partir do último trimestre do próximo ano. Vale lembrar que os contratos em vigor expiram no fim deste mês.

As cancelas abertas já foram confirmadas pelo governador Ratinho Junior.

 “Esse formato que tanto mal fez ao estado não fica um segundo a mais no Paraná”, afirmou ainda. Ele recordou que as concessionárias não concluíram obras e que houve casos de corrupção nos quais elas se envolveram. Ratinho garantiu que, durante o período sem contratos, o governo estadual fará a manutenção das rodovias.

Pedágio na Cantu

A região da Cantu é composta por 19 municípios. Destes, 8 são cortados pela rodovia-277: Catanduvas, Guaraniaçu, Ibema, Nova Laranjeiras, Laranjeiras do Sul, Virmond, Cantagalo e Candói. Até então, eram duas cabines de pedágio nesse percurso: em Laranjeiras e em Candói. Portanto, para quem gosta de viajar para Guarapuava e Cascavel, ficará mais barato – apesar do preço altíssimo da gasolina. Nesta última cidade citada, inclusive, existe um outro posto de cobrança que, obviamente, também estará desativado.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail