Cantagalo: prefeito João Konjunski realiza assinatura de documentos para regularização fundiária

A nova etapa da ação, que teve início em novembro de 2021, passa os documentos assinados ao cartório, para que seja feita a avaliação

Na quarta-feira (8), a prefeitura e a Associação para o Desenvolvimento Habitacional Sustentável de Santa Catarina (Adehasc) realizaram, no pavilhão da Igreja Ucraniana uma reunião com os moradores do bairro São José e Vila Diogo para discutir sobre a regularização fundiária e emissão das escrituras dos terrenos.

Ontem (10) o prefeito de Cantagalo, João Konjunski, assinou aproximadamente 100 documentos de propriedades para a regularização fundiária, que foram encaminhados ao cartório para a finalização do registro. Ele fez as assinaturas junto a Adehasc, empresa responsável pela regularização fundiária no município.

Os documentos obtidos nessa nova etapa do processo de regularização são frutos do chamamento público, ocorrido em 30 de novembro do ano passado. A Adehasc, junto com demais representantes do poder público, apresentou na reunião de 2021, os valores dos terrenos, entre R$ 1,8 mil e R$ 2 mil e também orientou quanto os documentos necessários para a realização das escrituras. Atualmente, a etapa progrediu para a assinatura do prefeito e entrega dos documentos no cartório.

Durante a assinatura, o prefeito relatou que o compromisso assumido meses atrás, de documentar todas as áreas do quadro urbano que não tinham documentação, agora se torna realidade. Segundo ele, de 600 a 1000 proprietários vão receber escritura. “Nós estamos aqui para fazer a diferença, para que essas pessoas tenham documento”, disse ele.

Segundo o secretário de Agricultura, Isaac Abreu, o primeiro passo para a regularização fundiária aconteceu em novembro do ano passado, junto com a empresa responsável. Foi realizado o chamamento público e atualmente os documentos desse primeiro passo já foram entregues para o cartorário, Rodrigo Silvestre. Ele agradeceu a administração, ao prefeito, ao secretário de administração, Julio Conte, pelo esforço demandado na ação.

Ele também destacou que nesse momento, o principal beneficiado é a população do município. Agradeceu a Adehasc pela competência e pela realização do chamamento público, que fez com que fosse possível realizar o sonho da população, que é ter o seu lote documentado e escritura na mão.

Assim que recebeu os documentos assinados, o cartorário Rodrigo disse estar muito contente com os resultados do processo. “Sei que foi difícil, que tem muito carinho envolvido, muita consideração com a população e isso representa um marco muito grande na história do nosso município, da nossa comarca. Porque ocupantes passam a ser proprietários. Isso dá dignidade, dá respeito, dá credibilidade para a população”, afirmou.

Os documentos serão devidamente analisados até os dias 22 e 23 de julho, quando, na Festa do Agricultor, serão entregues a população.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail