Educação financeira e aulas de programação serão novidades para 2021

O secretário da Educação e do Esporte, Renato Feder, confirmou duas novidades para o ano letivo de 2021, além do

O secretário da Educação e do Esporte, Renato Feder, confirmou duas novidades para o ano letivo de 2021, além do formato híbrido de aulas, com mescla entre presencial e a distância. O Governo do Estado passará a oferecer conteúdos de educação financeira e de programação para os alunos do Ensino Médio.
Serão disponibilizadas gratuitamente 150 mil vagas em todo o Paraná para aulas de programação. Elas serão optativas e com modelagem de ensino a distância. Atualmente, 10 mil alunos da Rede Pública do Estado já contam com a disciplina.
Os conteúdos de educação financeira, por sua vez, serão ofertados de forma presencial para 100% dos alunos do Ensino Médio, dentro da atual grade curricular.  
“O aluno vai aprender sobre endividamento, a controlar as despesas, calcular juros… Enfim, vai poder ajudar no planejamento financeiro da família”, destacou o secretário.