Exercício físico na terceira idade promove bem-estar

Competidor de corrida premiado, Migliorini, policial rodoviário aposentado, ainda mantém os exercícios e incentiva a família

No mês de comemoração do Dia Mundial do Idoso, celebrado ontem (26), o policial rodoviário aposentado de Laranjeiras do Sul, Silvino Migliorini, de 63 anos, contou sua relação com a família e com exercícios físicos. Pai de quatro filhos, dentre as quais as mais novas são a Letícia, de quatro anos, e a Lorena, de dez; ele também é avô da Maria Valentina, de dez anos, e da Lara, ainda bebê.

Na imagem, Migliorini e suas filhas mais novas, Letícia e Lorena

Além de ser apaixonado pela família, o patriarca também possui fortes vínculos com o esporte, o que garante benefícios mútuos à família: incentivo as crianças e maior saúde física para o então avô. “O esporte traz benefícios em tudo, no humor, melhora o astral, é excelente. Eu costumo andar de bicicleta, correr, nadar e fazer pilates, mas ultimamente o mais comum é o pedal, faço de duas a três vezes por semana, de 15 quilômetros (km) a 20 km”, contou ele.

Ele começou a correr ainda criança, quando morava no interior do Paraná e trabalhava desde cedo. “Corria pelo mato, atrás de animal, principalmente. Depois que fui morar em Ponta Grossa, quando mais velho, estudei em um colégio onde percebi o quanto era bom em corrida quando começaram a me colocar para participar de jogos da cidade, o que auxiliou meu desenvolvimento”, relembra ele.

Atualmente ele está em dois grupos de pedais da cidade: ACALS e PEBAS LDS bikes, que têm se reunido em proporções menores por conta da pandemia. “Fui muito afetado pela paralisação das atividades. As piscinas ficaram bastante tempo fechadas e algumas poucas corridas continuaram. Por isso tenho feito bastante pedalada sozinho”, explica.

“Ter motivação é para continuar é essencial”, comenta Silvino. “Especialmente porque a atividade física libera hormônios que garantem melhor qualidade de vida, como a endorfina, a adrenalina e a serotonina, por isso busco também sempre incentivar minha família desde cedo”. 

Além disso, a atividade física também ajudou Migliorini a diminuir problemas de saúde causados pela profissão, como de um disco na coluna, por exemplo, que custou um ano e meio de fisioterapia e cirurgia.

“Eu fiquei um tempo sem poder fazer esporte de impacto, mas sei que só me recuperei porque já tinha uma estrutura que a atividade física tinha proporcionado. Hoje eu posso dizer, tenho 60 anos e sou muito saudável; e vou levando junto a isso uma alimentação saudável. Também é essencial não abusar com álcool, fumo, medicamentos entre outros.”, comenta.




Competidor desde muito novo, Silvino coleciona medalhas

Benefícios

A atividade física para idosos é de importância multifatorial, relatam profissionais da saúde. Dentre alguns dos benefícios mais citados está a alteração, que ocorre a curto prazo, é a maior independência e autonomia de corpos idosos nas atividades cotidianas, além do controle e prevenção de diversas doenças e o bem-estar físico e mental.

Profissionais também destacam que a corrida é uma boa sugestão, mas desde que seja com treinos que atendem de forma segura a terceira idade. A indicação deve ser feita individualmente, de acordo com o gosto, histórico e necessidade de cada pessoa. A individualização e adaptação dos treinos, melhora a adesão ao processo proposto e proporciona resultados significativos de curto e médio prazo. 

Por isso, a atividade mais indicada é a que mais agrada cada pessoa, pois facilita a permanência, sem que se torne uma obrigação. Desde que permitida pelo médico, toda atividade física é benéfica.

A atividade física é essencial em todas as idades, mas na terceira idade é fundamental para a melhora física, mental e social das pessoas. Isso porque, nesta faixa etária as principais lesões são as ortopédicas, como fraturas de ossos longos (o fêmur, principalmente), musculares e articulares (tendinites e artrose) e ainda as doenças socioemocionais, como a depressão.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail