Google, Apple e outras big techs se unem em prol da diversidade

Para fazer parte desse esforço, as gigantes da tecnologia deverão revolucionar suas culturas internas, a partir dos seus processos de recrutamento e indicação de fornecedores

Anunciada nesta quinta-feira (28), a coalizão Catalyze Tech está promovendo um encontro impensável com um objetivo no mínimo grandioso: a união das gigantes da tecnologia mundial, como Apple, Google, Snap e Twitter, para a construção conjunta de um novo paradigma DEI (diversidade, equidade e inclusão), que possa transformar todo o Vale do Silício em um ambiente holístico, coletivo e sustentável.

Para fazer parte desse esforço, as gigantes da tecnologia deverão revolucionar suas culturas internas, a partir dos seus processos de recrutamento e indicação de fornecedores. Nesse sentido, as empresas deverão concordar em adotar quatro principais orientações: reconhecer a diversidade como imperativo negocial, aperfeiçoar o fluxo de jovens talentos, adotar a equidade e incluí-la em suas relações com fornecedores, design de produtos e práticas de contratação.

O Relatório ACT

Principal instrumento do Catalyze Tech, o Relatório ACT não pretende ensinar a união de negócios com DEI. Segundo esse modelo de compromisso, “ampliar o pool de talentos, reduzir a lacuna de habilidades e criar uma força de trabalho diversificada para envolver a economia global são pré-requisitos para um negócio de sucesso do século 21”. Essas condições foram se formando durante a pandemia até brotarem, de forma explosiva, no movimento Vidas Negras Importam.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail