Homem é preso em Pinhão por agressão a bebê recém-nascido

A criança sofria diversas agressões desde fraturas no braço, até queimaduras de cigarro

Na noite desta segunda-feira (21) a Polícia Militar de Pinhão prendeu um homem por agressões realizadas por ele contra seu filho de um mês. O bebê deu entrada no hospital com fraturas no braço e marcas de queimadura de cigarro.

De acordo com a PM as agressões só foram identificados depois que a mãe, 31 anos, comunicou à polícia que o bebê tinha machucados no ombro. Durante exame foi detectado duas fraturas no braço da criança. Outro relato da mãe informou que o homem era agressivo e impaciente, e que inclusive chegou a chacoalhar a criança por ela não parar de chorar.

O médico que atendeu o recém-nascido afirmou que as fraturas não são comuns nesta idade e que a situação identificada no bebê só ocorre mediante dobradura completa do membro.

Diante dos fatos a equipe foi até o endereço da família e realizou a prisão preventiva do homem. Se for condenado o pai agressor pode pegar de dois a oito anos de prisão.

A criança passou por avaliação médica em Guarapuava e conforme o hospital o estado de saúde é estável.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail