Mark Zuckerberg decide mudar nome do Facebook

A decisão ocorre em meio a uma série de denúncias e críticas contra políticas da companhia

Nesta quinta-feira (28), Mark Zuckerberg, proprietário das empresas Facebook, dona do Whatsapp e Instagram, anunciou durante o evento Facebook Connect 2021, a mudança do nome da sua empresa principal. A decisão ocorre em meio a uma série de denúncias e críticas contra políticas da companhia.

Com isso, sai o Facebook, e entra a Meta. Durante a apresentação, o CEO explicou o porquê do novo nome, e se trata em seu interesse no chamado Metaverso que é um espaço 3D com vários níveis de imersão sendo criado pela empresa. Para os executivos da rede social, o novo ambiente digital é o futuro da internet e ninguém vai precisar entrar no Facebook para acessar os novos produtos.

“Em vez de apenas olhar para a tela, você estará nela”, afirmou Sue Young, diretora de produtos do Facebook, em encontro com jornalistas realizado ontem (27). “Já que passamos tanto tempo em frente a telas, queremos que seja um tempo de qualidade.”

Foto:  Reprodução/Facebook

A rede social Facebook continua existindo com o mesmo nome, assim como o app e o endereço facebook.com. Meta será usado para identificar o grupo que administra os aplicativos de redes sociais e o serviço de mensagens.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail