Municípios da Assiscop já confirmaram mais de 2 mil casos de Covid-19

O Instituto do São José não tem mais leitos de UTI e enfermaria livres

O aumento de internações por covid-19 tem avançado disparadamente em Laranjeiras do Sul e apresentou, desde o início deste mês, mais de 635 novos casos e em média uma morte por dia.  A crise sanitária se agrava pelo fato de haver apenas 20 leitos de enfermaria e 10 de UTI, que devem atender, a partir da Associação do Centro Municipal de Saúde do Centro do Paraná (Assicop), os municípios de Rio Bonito do Iguaçu, Nova Laranjeiras, Virmond, Marquinho e Porto Barreiro. Todos eles juntas apontam mais de 2 mil casos confirmados.

Números

Desses casos, mais de 1.634 foram testificados somente em Laranjeiras e ontem (12) o território confirmou o falecimento de mais duas pessoas em um só dia: a senhora Elenir Zanin, de 76 anos – internada na enfermaria do Instituto São José desde o dia 19 de Fevereiro e encaminhada para a UTI no dia 22 -, e o senhor José Zanin, de 79 anos, conhecido carinhosamente como “Seu Zanin”.

Berto fez novo apelo

Sobre essa calamidade, o prefeito Berto Silva tem se pronunciado e solicitado solidariedade por parte dos cidadãos Laranjeirenses: “Estamos somando esforços para proteger a população, mas nada disso terá importância se cada um não fizer a sua parte. É tempo de ficar em casa, de cuidar de si e assim proteger a todos. As principais dicas de prevenção continuam valendo, que é a higienização constante das mãos, isolamento social e higienização dos ambientes e objetos de grande contato humano”, afirmou.

No dia 11 de março, o Instituto São José recebeu mais dois novos leitos, medida solicitada pela secretaria de Saúde de Laranjeiras. Entretanto, continuam operando em lotação máxima e os casos não param de subir. Ontem (12), foram mais 17 casos confirmados. Agora existem 118 e já ocorreram 17 mortes. Ainda existem 51 casos suspeitos da doença.