Nova Laranjeiras: projeto de Arborização Urbana está em desenvolvimento

O meio ambiente é um conjunto de unidades ecológicas que funcionam como um sistema natural e incluem toda a vegetação,

O meio ambiente é um conjunto de unidades ecológicas que funcionam como um sistema natural e incluem toda a vegetação, animais, microorganismos, solos, rochas, atmosfera e fenômenos naturais que podem ocorrer em seus limites. Em junho, e especificamente no dia 5, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Coincidentemente, Nova Laranjeiras iniciou uma função que exerce a conscientização e preservação da natureza por meio da arborização.

Segundo Pedro Carvalho, estudante de biologia da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), “a arborização urbana possui inúmeras funções ambientais e socioambientais, dentre elas a manutenção e ampliação das áreas verdes urbanas, a proteção de diversas espécies da fauna, do solo, de forma a evitar a deterioração das áreas urbanizadas, a poluição e a degradação ambiental”.

Plano de arborização

A prefeitura, através da secretaria de Agropecuária, Meio Ambiente, Indústria e Comércio,  vêm tomando medidas que colocou em prática o plano de arborização de Nova Laranjeiras. Visando garantir a melhoria da paisagem natural e atender a legislação ambiental, vem sendo realizado o censo, com a contagem e demarcação de árvores, com o objetivo de trazer respaldo técnico para a execução das ações na cidade.

A execução do plano de arborização urbana é indispensável referente ao licenciamento e autorização de eventual poda, corte e substituição de árvores, e, além disso, resulta em menores gastos com manutenção, o que traz como consequência a melhoria nas ações envolvendo preservação, conservação e manejo dos ambientes como um todo

As árvores, por se tratar de elementos naturais que estão em constante transformação, devem ter características que proporcionem uma harmonia com os elementos urbanos, como calçadas, redes de distribuição de energia, entre outros.

Inclusive, com suas funções básicas de absorção do dióxido de carbono, “as árvores diminuem os impactos da urbanização, melhoram a qualidade da água, moderam o clima através de sua sombra, controlam o escoamento das águas da chuva contribuindo para evitar enchentes, preservando a biodiversidade e oferecendo abrigo e alimento para aves e outros animais”, explicou Pedro.