Paraná mantém crescimento na vacinação contra a Covid-19 e bate recorde no final de semana

Com 383.662 doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas em sete dias, o Paraná teve, na semana de 6 a

Com 383.662 doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas em sete dias, o Paraná teve, na semana de 6 a 12 de junho, o maior número de pessoas vacinadas em quase dois meses. O número de vacinados na semana passada foi o segundo maior desde o início da campanha de vacinação, em janeiro. O melhor resultado anterior tinha sido há sete semanas: entre os dias 18 e 24 de abril foram aplicadas 618.423 doses.

A média, na semana passada, foi de 54,8 mil vacinas aplicadas por dia. Somente na terça-feira (8), foram administradas 84.218 doses, o melhor resultado em um único dia desde 26 de abril. O recorde de aplicações diárias no Estado foi batido em 22 de abril, quando 174.674 pessoas receberam o imunizante.

A agilidade da vacinação também foi percebida durante o último final de semana. O levantamento semanal da Secretaria de Estado da Saúde de doses aplicadas aos sábados e domingos registrou recorde nos dias 12 e 13 no Paraná, com mais de 87 mil vacinas aplicadas em 124 municípios do Estado. As ações são relacionadas à campanha do Governo do Estado de vacinação De Domingo a Domingo.

Esta é a segunda semana seguida que o Estado registra crescimento nos números aos finais de semana. Nos dias 5 e 6, o Paraná registrou 56.702 aplicações. O maior número até então havia sido contabilizado entre os dias 1º e 2 de maio, com 50.172 doses. Desde o começo desse esforço coletivo aos finais de semana, 796.238 vacinas foram aplicadas fora do horário padrão.

Até a manhã desta segunda-feira (14), 4.468.854 doses de imunizantes tinham sido aplicadas no Estado, com 3.207.093 paranaenses que receberam a primeira dose, 30% da população do Estado, e 1.261.761 (12%) de pessoas que completaram o ciclo vacinal.

ACELERAR

O Estado já vem há cinco semanas aumentando, gradualmente, a quantidade de vacinas aplicadas. Na última sexta-feira (11), o governador Carlos Massa Ratinho Junior e o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, se reuniram com os chefes das 22 Regionais de Saúde para buscar soluções que possam acelerar o ritmo de vacinação nos municípios. 

A proposta, salientou o governador, é reduzir o tempo entre a distribuição do imunizante por parte da Secretaria de Estado da Saúde e a aplicação na população, que é feita pelos municípios. “Temos que fazer com que as vacinas não fiquem estocadas e cheguem rapidamente aos braços das pessoas. Fazemos um apelo aos secretários municipais de Saúde e prefeitos para que deem velocidade na vacinação. Temos recebidos doses frequentes do ministério, mas é preciso mais rapidez na aplicação”, salienta Ratinho Junior.

A orientação da Secretaria de Estado de Saúde é que haja uma força-tarefa para que vacinação ocorra sem pausas e aos finais de semana. Para isso, cerca de 1,5 mil trabalhadores da pasta que estavam em regime de teletrabalho e já foram vacinados estão sendo convocados para atuar na campanha.

Além disso, a Secretaria também orienta que os municípios avancem a aplicação nos grupos prioritários e também reduzam a faixa etária de aplicação conforme a disponibilidade de imunizantes. “Precisamos de todos mobilizados em nome da vacinação, não há outra forma mais eficaz para vencer a pandemia de Covid-19”, destaca o secretário Beto Preto.

MUNICÍPIOS – Conforme os dados do Ministério da Saúde, os municípios paranaenses que mais aplicaram as vacinas, até o momento, foram Curitiba (781.876), Maringá (250.192), Londrina (244.754), São José dos Pinhais (129.529), Cascavel (125.896), Foz do Iguaçu (105.620), Ponta Grossa (96.426), Paranaguá (74.886), Colombo (65.161) e Guarapuava (64.657).

Com relação à porcentagem da população vacinada, lideram o ranking estadual os municípios de São Jorge do Oeste (59,16%), Paranaguá (50,72%), Kaloré (50,36%), Maringá (48,91%), Pinhal de São Bento (48,23%), Ourizona (47,72%), Rio Bom (47,72%), Pitangueiras (47,19%), São Manoel do Paraná (46,9%) e Capanema (46,61%).

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail