Polícia Ambiental apreende materiais de pesca predatória em cidades da região

As denúncias envolviam os municípios de Chopinzinho, Porto Barreiro e Candói

A Polícia Ambiental do Paraná prendeu na segunda-feira (16) um pescador com uma grande quantidade de materiais usados em pesca predatória, na região de Guarapuava.

Essa apreensão ocorreu após denúncias da pesca predatória na Usina Hidrelétrica de Salto Santiago.

A pesca ocorria no alagado da Usina, nos municípios de Candói, Porto Barreiro e Chopinzinho. Desse modo, policiais ambientais fizeram patrulhamento aquático e prenderam em flagrante um pescador em Candói. Durante a ocorrência, foram apreendidos 210 metros de redes e oito quilos de peixes, além de aplicarem multa no valor de R$ 3,4 mil .

Em seguida, a equipe policial efetuou a apreensão de mais 1,6  metros de rede de diversas malhas, duas tarrafas, 230 metros de espinhéis e 63 boias-loucas. Por fim, conforme a polícia, os materiais eram utilizados para pesca predatória e se encontravam armados nos alagados da Usina.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail