Quão ruim é o seu Spotify? IA critica gosto musical de usuários

Além de tocar um solo de baixo infinito no YouTube, mostrando todo o seu talento artístico, a inteligência artificial (IA)

Além de tocar um solo de baixo infinito no YouTube, mostrando todo o seu talento artístico, a inteligência artificial (IA) agora também está avaliando o gosto musical dos usuários do Spotify, de forma irônica e até mesmo cruel em alguns momentos, com base em comentários de críticos especializados e publicações de música.
Desenvolvido pelo site The Pudding, o algoritmo intitulado “How Bad Is Your Spotify?” (algo como “Quão ruim é o seu Spotify?”, em tradução livre) foi treinado em uma base de dados composta por mais de dois milhões de indicadores de “música objetivamente boa”, de acordo com a empresa.
As informações usadas no treinamento da IA foram obtidas de fontes como a plataforma americana Pitchfork e o jornalista, crítico musical e youtuber Anthony Fantano. Ela também se baseou em recomendações de lojas de discos e outras fontes de análises musicais, para gerar as suas próprias avaliações.
Durante a análise das canções e artistas mais tocados das suas playlists, o programa pode fazer algumas perguntas em tom sarcástico, como por exemplo “Você está bem por escutar tal artista?”, sempre zombando das suas preferências. Após avaliar músicas, gêneros e outros indicadores, a ferramenta apresenta a crítica ao perfil do usuário, com muitas piadas e ironias.
Qualquer usuário do streaming de música pode entrar na brincadeira e ter as suas preferências sonoras avaliadas pela inteligência artificial. Para tanto, basta acessar o site How Bad Is Your Spotify, clicar em “Find Out” e fazer login com os dados do serviço.
Segundo a página, o bot terá acesso apenas às informações referentes ao que você ouve na plataforma, sem postar nada nem fazer qualquer tipo de modificação na conta do usuário.
É válido lembrar que a ferramenta só tem o idioma inglês disponível no momento.