Quem pode concorrer às eleições?

Diversos fatores devem ser observados para quem quer concorrer às eleições entre eles a ficha limpa

Neste ano, os eleitores do Brasil voltarão às urnas para eleger o novo presidente da República, deputados federais, estaduais e distritais, senadores e governadores,

E para concorrer a estes cargos eletivos, todos os cidadãos que se enquadrem nas regras estabelecidas pela Constituição e pela legislação eleitoral, podem participar.

Para registrar as devidas candidaturas na Justiça Eleitoral, os interessados devem possuir nacionalidade brasileira, estar em pleno exercício dos direitos políticos e ter domicílio eleitoral no local da eleição um ano antes do pleito, e filiar-se a um partido político pelos menos seis meses antes das eleições.

A idade mínima para candidatura também deve ser respeitada. Os candidatos para os cargos de presidente da República, vice-presidente e senador devem ter 35 anos na data da posse. Para os cargos de governador e vice a idade mínima é de 30 anos, e de 21 anos para quem vai concorrer aos cargos de deputado federal, estadual ou distrital.

Ficha limpa

A lei da Ficha Limpa também deve ser observada para quem pretende concorrer às eleições. A norma entrou em vigor em 2010 para barrar a candidatura de condenados por órgãos colegiados por oito anos.

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro de 2022. O eventual segundo turno para votação aos cargos de presidente e governador será no dia 30 do mesmo mês. O último dia para a diplomação dos eleitos é no dia 19 de dezembro.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail