Reforma da rodoviária começa com obras em seu entorno

Quem hoje passa pela Estação Rodoviária Alexandre Gurtat, em Laranjeiras do Sul,  percebe o quanto o cenário mudou nos seus

Quem hoje passa pela Estação Rodoviária Alexandre Gurtat, em Laranjeiras do Sul,  percebe o quanto o cenário mudou nos seus arredores em um período inferior a uma semana.

A prefeitura aproveitou o feriadão da Semana Santa para abrir a primeira de duas frentes de trabalho, que consistiu na demolição de estruturas de alvenaria e limpeza. Concomitantemente a esse trabalho, foram executadas obras de pavimentação de um trecho das ruas Diogo Pinto e Sete de Setembro, bem como o pátio do terminal, que agora não é mais cercado por grades de ferro.

O projeto

O projeto promove uma importante mudança na Diogo Pinto, que foi alargada para oferecer condições de mão dupla em toda a sua extensão – em frente à rodoviária, sua pista fora outrora estreitada permitindo fluxo apenas no sentido Bairro Cristo Rei-Centro.

O comércio adjacente ressentia-se dos efeitos de um trânsito quase labiríntico na região. Na segunda etapa do projeto o exterior e o interior do prédio serão reformados. Funcionando no mesmo endereço desde 1973, a estação rodoviária de Laranjeiras do Sul exerce um papel importante na economia municipal.

“Essa reforma é muito bem-vinda. Ela já estava há muito tempo sendo aguardada por nós comerciantes da rodoviária. A gente tem acompanhado que a prefeitura está promovendo melhorias em todos os espaços públicos, e agora chegou a vez da rodoviária. Isso vai beneficiar todo o comércio interno e do entorno [do terminal]”, asseverou o comerciante Victor Bagdzinski, que possui uma loja de confecções e calçados no interior da estação.

Dezenas de estabelecimentos comerciais são umbilicalmente ligados à rodoviária municipal, representando geração de emprego e renda para muitos laranjeirenses. “São pessoas que estão ali há 30 anos, uma vida inteira tirando o seu sustento do comércio na rodoviária. Por isso, eu discordo de quem defende a ideia de que a rodoviária seja mudada para um local distante do centro”, declarou o prefeito Berto Silva.