Após três tentativas do CAC, Caçula quer dar o acesso à Série Prata para Cantagalo

A equipe masculina da Associação Esportiva Caçula realizou ontem (7) seu 1º treino visando a disputa da Série Bronze do Campeonato Paranaense de Futsal. Sob os comandos do técnico Everton Matos, o ‘Veto’, e os olhares da diretoria, parte do elenco se apresentou.

A terceirona está prevista para começar em 8 de maio e a Caçula está no grupo Centro-Sul, ao lado de Acau (União da Vitória), Quedas e São Mateus

Elenco

O elenco da Caçula já inclui 17 jogadores. Entre eles, boa parte já vestiu a camisa de outro clube da cidade. Entre eles, o goleiro Júnior, o fixo Bisqui, os alas Carazinho, Neguinho e Gauchinho e o pivô Dieguinho. A diretoria negocia também com Codorna, outro ex-CAC.

Entre aqueles que representam um clube do município pela primeira vez, está o ala Jorge Henrique, de 27 anos. Ele passou pelo Herta Berlin, da Alemanha, e voltou ao Brasil por conta da pandemia. O jogador atuará pela Caçula até o fim do ano, quando irá para a Polônia, onde já tem contrato acertado. 

Segundo o supervisor Leonan Di Domênico, a intenção é iniciar o estadual com um elenco de 22 atletas inscritos, mas relacionando apenas 20 deles. “É uma estratégia. Esses dois serão ‘coringas’ para utilizarmos no caso de desfalques. Busquei jogadores que vestem a camisa da cidade. Quero deixar claro também que o clube procurou Pipa e Ronaldinho – outros dois jogadores de cidade -, mas esbarramos na parte financeira. Nosso intuito é contar com todo o material humano de Cantagalo”, explica. 

Pretensão

Se nas três temporadas anteriores o CAC – clube que até então representava Cantagalo na Série Bronze Masculina – não conseguiu o acesso, o foco da Caçula é alcançar o feito. “O projeto foi feito aos 48 do 2º tempo. A Caçula já fez uma boa participação na Ouro Feminina, em 2019, e agora não queríamos deixar o município sem time no masculino. Não consigo ter expectativa de título, mas quero ver o time brigando pelo acesso, para quebrar essa sina da cidade”, diz Leonan. 

Avaliação do formato

Leonan avaliou de forma positiva o formato de disputa da Série Bronze. Segundo ele, a competição será curta, competitiva e possibilitará que os times disputem mais jogos ao longo da temporada. 

Com relação aos favoritos ao acesso, ele inclui, além do clube que dirige, Acau, Foz e Quedas. “O mata-mata será extraordinário. Eu considero o nosso grupo o mais forte nessa 1ª fase. Haverá uma briga muito acirrada por essa vaga na 3ª fase”. 

Confira o formato e todos os grupos e o formato da Série Bronze clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *