Retenção de líquido: quais as causas e os cuidados

A retenção de líquido corresponde ao acúmulo anormal de líquidos dentro dos tecidos do organismo. Apesar de normalmente não representar

A retenção de líquido corresponde ao acúmulo anormal de líquidos dentro dos tecidos do organismo. Apesar de normalmente não representar risco para a saúde, a retenção de líquidos pode ser bastante desconfortável para a pessoa, já que é muitas vezes notada por meio do inchaço que pode surgir no rosto, pernas e costas.

No entanto, a ocorrência da retenção de líquido pode ser um sinal de doença e, por isso, é importante que a pessoa consulte o clínico geral para que sejam feitos exames e seja identificada a causa da retenção, sendo indicado o tratamento específico.

Principais causas

Apesar de ser comum de acontecer durante o período menstrual e a gravidez, a retenção de líquidos pode acontecer devido a outros fatores como: alimentação rica em sal, diminuição da quantidade de líquidos consumidos diariamente, permanecer muito tempo parado na mesma posição, Uso de alguns medicamentos, incluindo os anticoncepcionais, períodos de grande variação hormonal, problemas nos rins, doenças do fígado, problemas cardíacos, alterações no funcionamento da tireoide.

No caso da retenção de líquidos ser acompanhada por outros sintomas como alteração dos batimentos cardíacos, queda de cabelo e fraqueza excessiva, por exemplo, é importante consultar o médico para que seja identificada a causa e iniciado o tratamento

O que fazer

Para evitar a retenção de líquidos é importante que a pessoa adote alguns hábitos como beber pelo menos 2 litros de água por dia, praticar atividade física de forma regular, diminuir a quantidade de sal consumido no dia a dia, elevar as pernas no final do dia e evitar ficar muito tempo em pé ou sentado. Além disso, uma forma de favorecer a eliminação do líquido acumulado é através da realização de drenagem linfática, que é um tipo de massagem que promove a condução dos líquidos acumulados para os vasos linfáticos, ajudando a desinchar.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail