Rotam mata mais um suspeito de participar de ataque a Guarapuava

Este já é o quarto suspeito morto em confronto

Nesta terça-feira (31), durante confronto em Luziânia/GO, a Rotam de Goiás matou mais um suspeito de participar da tentativa de assalto em Guarapuava no domingo de Páscoa em abril. Já são pelo menos quatro mortos desde o ataque. Duas pessoas foram presas e outros dois foram liberados.

Conforme a Polícia Militar, durante tentativa de abordagem policial a um GM Montana Branco, o condutor fugiu e abandonou o veículo adentrando a pé em uma mata na área rural do município.

A equipe também relatou que ao notar a presença dos policiais o suspeito realizou disparos contra a equipe, que revidou. O homem acabou sendo baleado e mesmo sendo socorrido não resistiu aos ferimentos.

O suspeito possuia uma identidade falsa, e portava uma pistola nove milímetros, uma espingarda calibre 12 e R$ 5.102 em dinheiro. De acordo com a PM, o homem era responsável por várias ações de roubos a carro forte, bancos e base de valores na modalidade ‘Domínio de Cidades’ em todo território do país.

Sendo assim, de acordo com a PM, ele teve participação em diversas ações criminosas como na empresa PROTEGE Transporte de Valores em Guarapuava, atos Preparatórios em Varginha/MG em 30 de outubro de 2021, à empresa RODOBAN em Uberaba/MG em 7 de novembro de 2017 e por fim, na empresa de Transporte de Valores PROSSEGUR, em Ribeirão Preto/SP.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail