Rússia retira parte das tropas mobilizadas na fronteira com Ucrânia

Conflito entre os países eslavos deixou o mundo aflito

Nesta terça-feira (15) de acordo com o ministério de Defesa da Rússia, o país começou a retirar algumas das tropas das regiões de fronteira com a Ucrânia que faziam exercícios militares e que os soldados estão voltando para suas bases.

De acordo com a agência Interfax, o porta-voz do ministério, Igor Konashenkov, afirmou que os grandes exercícios militares na região não terminaram, mas que soldados de distritos do Sul e Oeste completaram as manobras e vão começar a voltar para as bases. Não foi especificado quantos soldados devem sair da área.

Há várias semanas os Estados Unidos avisa sobre um iminente ataque invasivo da Rússia à Ucrânia. Já o governo de Vladimir Putin negou a possibilidade de um ataque e acusa os EUA de tentar levar seu país à guerra contra a Ucrânia mesmo com o país já cercado pelas tropas russas. Com cerca de 100 mil soldados russos, o volume disparou alarmes em vários ministérios das Relações Exteriores ao redor do mundo, que falam abertamente da possibilidade de uma guerra.

Conflito

Essa intriga começou após Ucrânia beirar fechar uma acordo com os Estados Unidos para adentrar a OTAN, o que não foi bem recebido pelo governo da Rússia. Os laços entre Rússia, Belarus e Ucrânia existem desde antes da criação da União Soviética. Esses países faziam parte da chamada “aliança eslava”, onde as relações e as similaridades fizeram que se enxergassem como parte de um mesmo conceito étnico, histórico e político.

Porém no início dos anos 90, com o fim da União Soviética, algumas negociações foram pensadas como forma de integrar Belarus e Ucrânia à Rússia. No entanto, os dois países estavam em um caos, por conta da transição democrática, o que freou tais planos. Ucrânia sempre se sentiu abandonada por Moscou durante os anos soviéticos e dois fatos importantes são alegados como os causadores desse sentimento: a péssima gestão durante o acidente de Chernobyl e a insignificante ajuda prestada após a Segunda Guerra Mundial, no auge da crise de fome que varreu o país. Tensão entre os países eslavos deixou a política mundial instável e o mundo apreensivo.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail