Virmond: idosa é encontrada sem vida em sua casa

Aos 62 anos quem notou seu sumiço foi um amigo de 50 anos

Na noite desta terça-feira (7), por volta das 22 horas, um homem de 50 anos compareceu ao destacamento da Polícia Militar de Virmond, onde relatou que forneceu carona para uma amiga de 62 anos até a cidade de Cantagalo e que retornou no mesmo dia para Virmond, deixando a mulher em sua residência.

Na ocasião ele realizou diversas ligações mas sem resposta, ele então foi até a casa da senhora onde bateu na porta e chamou várias vezes, porém não foi atendido.

Preocupado o homem foi até o destacamento policial de Virmond onde solicitou o apoio. As equipes policiais entraram na residência e lá localizaram a mulher deitada na cama sem sinais vitais. Foi feito o contato com o plantão do posto de saúde que compareceu ao local e prestou atendimento.

O médico constatou o óbito como morte natural por infarto agudo do miocárdio, não sendo encontrados sinais de escoriações e nem lesões no corpo.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail