Sicredi disponibiliza R$ 6,9 bilhões para pré-custeio da próxima safra

Associados da Sicredi Grandes Lagos PR/SP já podem procurar as agências para contratar os recursos

Com foco em dar suporte  ao agronegócio – setor que fechou 2020 com saldo positivo de 9% no PIB agropecuário mesmo em um período atípico, de pandemia – o Sicredi vai destinar R$ 6,9 bilhões em créditos para o pré-custeio da Safra 2021/22. O pré-custeio está disponível para associados do campo que pretendem antecipar a compra de insumos para suas lavouras, garantindo maior rentabilidade dos negócios.

O presidente Orlando Muffato da Sicredi Grandes Lagos PR/SP, antecipa que os produtores associados já podem procurar as agências para contratar os recursos. “O agronegócio tem sido um dos principais motores da economia brasileira, mesmo durante os momentos de maior dificuldade, e esse movimento de antecipação do custeio da próxima safra é importante para que os produtores tenham mais tranquilidade para planejar sua produção com o objetivo de proporcionar ao associado a aquisição antecipada dos insumos, semente, defensivos e fertilizantes que ele vai precisar para o plantio da soja e do milho para a próxima safra. Também estamos com o período de contratação das operações para o custeio do trigo”, destaca. A contratação dos recursos é com seguro agrícola baseado nos orçamentos e projetos apresentados pelos associados.

Muffato explica ainda que o custeio pecuário pode ser contratado o ano todo. “A qualquer momento do ano o produtor pode procurar o Sicredi para contratar suas operações de custeio pecuário, mas em especial agora que o preço da ração e demais derivados de milho e soja estão tendo maior variação de preços, devido à alta no preço dos produtos, é uma ótima oportunidade para o associado, especialmente o produtor de leite, travar o preço por um determinado tempo negociando quantidades maiores”, informa.

Desempenho do Plano Safra 2020/2021

De janeiro de 2020 a janeiro deste ano, a Sicredi Grandes Lagos disponibilizou para o Plano Safra 2020/2021 quase R$ 162 milhões em crédito rural, totalizando 2.259 operações. Do montante, quase R$ 132 milhões foram destinados ao custeio e praticamente R$ 26 milhões para investimentos (incluindo investimentos com recursos de BNDES).

O Sicredi é uma das instituições financeiras com maior representatividade no agronegócio, tendo sido a segunda instituição financeira que mais liberou crédito rural no ciclo de Plano Safra 2019/2020, com mais de R$ 20 bilhões concedidos. A instituição atende desde grandes produtores a médios e pequenos, especialmente aqueles ligados à agricultura familiar.