Cresol remunera cooperados com juros sobre o Capital Social

A Cresol Vale das Águas creditou no último dia 10 cerca de R$820 mil aos seus associados

Considerado um dos diferenciais de ser um associado, o Capital Social é parte do patrimônio de uma cooperativa de crédito. Composto pelo capital que todos os associados investem na instituição, trata-se do recurso que confere solidez à cooperativa. Em outras palavras, o Capital Social é uma previdência a longo prazo, que pode ser uma excelente forma do associado complementar a sua aposentadoria. 
Do ponto de vista da cooperativa, esse recurso confere um fortalecimento do patrimônio líquido e a expansão da instituição. 
De acordo com o presidente da Cresol Vale das Águas, Sérgio Bukovski, essa é uma excelente fonte de recurso com menor custo, e possibilita que os cooperados tenham mais opções para linhas de crédito com prazos maiores de pagamento. “O Capital Social representa estabilidade financeira e segurança”, destaca. 
E, na última semana, os cooperados receberam cerca de R$820 mil referente ao crédito, o que corresponde a 2,98% da taxa Selic na média anual. 
Para conferir o recebimento do Capital Social, basta o associado verificar o extrato da sua conta através do aplicativo ou pelos caixas eletrônicos da agência Cresol mais próxima. “Em caso de dúvidas, consulte o seu gerente”, orienta Sérgio.


Conta capital
Quando alguém se associa a Cresol, adquire cotas da cooperativa, as quais são depositadas em uma Conta Capital em seu nome, uma conta individual.
A aquisição de cotas, junto dos demais cooperados, compõem o capital social da cooperativa. Desta forma, quanto mais cotas capital adquirir, mais capitalizada ficará a cooperativa e maior será a participação no crescimento desta.