Pix Troco e Pix Saque já estão valendo

Segundo o BC, as duas novas opções devem ser implementadas por estabelecimentos comerciais, empresas de redes de autoatendimento e instituições financeiras

Na última sexta-feira (26), o Banco Central (BC) publicou uma resolução no Diário Oficial da União que altera o regulamento do Pix. O sistema de pagamentos instantâneos passa a incluir as modalidades de saque e troco em seu funcionamento, opções que estão disponíveis desde ontem (29).

Segundo o próprio BC, as duas novas opções do Pix são opcionais e devem ser implementadas por estabelecimentos comerciais, empresas de redes de autoatendimento e instituições financeiras. Porém, a resolução deixa claro que as modalidades não incorrerão tarifas extras para pessoas físicas em até oito transações mensais.

Pix Saque

Como o nome sugere, a modalidade permite que os clientes realizem o resgate de dinheiro de suas contas a partir de qualquer instituição participante do sistema de pagamento. Isso inclui redes de caixas eletrônicos e até estabelecimentos comerciais credenciados.

No caso de lojas, o cliente precisará fazer um Pix para o agente comercial em uma dinâmica muito parecida a um pagamento convencional. Na sequência, a partir da leitura de um QR Code, poderá receber o dinheiro como um saque do serviço.

Pix Troco

Na modalidade de troco, o funcionamento é praticamente o mesmo. A única diferença é que nessa opção o saque de recursos em papel-moeda pode ser feito no momento do pagamento de uma compra no estabelecimento. Portanto, o Pix é contado no valor total (compra + saque).

Limite e vantagens

De acordo com o BC, o limite máximo para as transações de Pix Troco e Pix Saque será de R$ 500 durante o dia. No período noturno (entre 20h e 6h), esse valor cai para R$ 100. Entretanto, as instituições que vão ofertar o serviço podem optar por definir  limites menores, caso considerem mais seguro para os clientes.

O BC afirma que a chegada das novas modalidades oferece mais opções para o cidadão que quer ter acesso a dinheiro físico, já que poderá sacar de diferentes estabelecimentos, como padaria e mercado. No caso das lojas, o serviço diminuirá os custos que estão relacionados aos depósitos de valores e segurança, além de servir como um atrativo para os consumidores que precisam do saque.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail