São Miguel acaba com invencibilidade do Operário no Laranjão em jogos do Paranaense

Desde que iniciou sua trajetória no futsal, em 2019, o Operário Laranjeiras nunca havia desperdiçado um único ponto em partidas

Desde que iniciou sua trajetória no futsal, em 2019, o Operário Laranjeiras nunca havia desperdiçado um único ponto em partidas do Campeonato Paranaense. Na Série Bronze, venceu todos os 13 compromissos dentro de casa. Nesta temporada, bateu o Bituruna por 2×0, já na Série Prata.

Nesta segunda-feira (7), o Rubrão foi para seu segundo compromisso em seus domínios na segundona. O adversário foi o São Miguel, então líder do estadual. Os donos da casa dependiam de mais uma vitória, isto é, dependiam de perpetuar ainda mais a invencibilidade, para tomar a ponta da tabela. 

A crônica do jogo

Os comandados de Luciano Bonfim iniciaram bem a partida. As melhores oportunidades na 1ª etapa foram do Operário, mas estas esbarravam ora na pontaria errada ora no bom goleiro Galdino. O Amarelinho, de Manta Júnior, veio bem postado na defesa e, da mesma forma que raramente chegava ao gol de Ari, dificultava a infiltração Rubro-Negra. 

Foi Dudu quem conseguiu invadir a área adversária e botar a bola no fundo das redes. Num desarme, Wanderson lançou o camisa 7, que jogou a bola no canto esquerdo, longe do alcance de Galdino. O gol saiu restando seis segundos para o intervalo. 

 Na etapa complementar, os visitantes mudaram a postura e lançaram-se com mais intensidade ao ataque. Restando sete minutos para o término, Papão recebeu bola na entrada da área. Ele fez o giro sobre Dudu, invadiu a área e não deu chances de defesa a Ari. Dois minutos depois, Gauchinho virou. Em cobrança de tiro-lateral, ele recebeu passe curto e chutou forte e rasante, no contrapé do arqueiro do Rubrão. 

Nos instantes finais do jogo, Luciano Bonfim investiu em goleiros linhas. Primeiro, sacou Serra. Em seguida, tentou Gabriel Guedes. E apesar da hegemonia na posse de bola, o Operário não conseguiu recuperar o prejuízo. 

E agora?

O São Miguel vai a 13 pontos – três a mais que o Mariópolis, vice – e lidera o estadual. O Operário estaciona nos nove e cai para 3º.

No sábado (12), Rubrão vai a São João do Ivaí medir forças com o Pitanga. O Amarelinho folga na rodada.