Convênio facilitará acesso de agricultor familiar a engenheiros agrônomos

Coprossel, CREA e Ocepar firmam parceria que faz valor de das ‘RT’s cair de R$ 88 para cerca de R$5

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CRA/PR), Ricardo Rocha de Oliveira, e membros do Sistema Ocepar estiveram em Laranjeiras do Sul na tarde de sexta-feira (20). Na sede da Cooperativa de Produtores Sementes de Laranjeiras do Sul (Coprossel), eles assinaram um convênio entre as entidades e a cooperativa que promete beneficiar, e muito, a vida do pequeno agricultor. 
Agora, o valor para as chamadas RT's, que são taxas cobradas pelo Crea quando do acompanhamento técnico de engenheiro agrônomo em determinada propriedade, caem de R$ 88 para R$ 5. 
“Estamos pensando além do financeiro. É uma grande vantagem para a agricultura familiar. Nosso sistema profissional nos permite, desde que seja para áreas sociais, que se faça essa redução no valor. No caso, precisa ter a agricultura familiar com um requisito especifico “, explica o presidente do Crea.


Qualidade alta, preço baixo
Hoje, a Coprossel conta com 1113 associados. 732 deles enquadram-se na agricultura familiar, ou seja, 65%. Esses produtores estão aptos a acessar o convênio ofertado em parceria com o Sistema Ocepar. 
“Essa parceria tende a legalizar o que já temos feito pela cooperativa, barateando a assistência técnica para o produtor. Ele terá assistência técnica, sem ter de despesa no custo de produção”, comemorou o presidente da Coprossel, Paulo Pinto de Oliveira Filho.
“A grande importância desse convênio é propor uma adequada assistência técnica para a agricultura familiar, porque muitas vezes  pelo valor as famílias se sentiam impedidas de ter um agrônomo”, comenta Ricardo Rocha. 
O intuito principal do acordo, na visão de paulinha, é facilitar para que todos tenham um engenheiro agrônomo como resposável pela área técnica da produção. “O preço reduz, mas a qualidade é a mesma Acredito que as cooperativas têm aberto para que todos os pequenos produtores tenham acesso à assistência técnica. É um serviço a mais com um custo menor. É muito importante que a cooperativa pense na sustentabilidade dos associados”.
Presente na solenidade, o prefeito Berto Silva comemorou a conquista da cooperativa local. “Eu acho que o brasileiro paga demais em impostos. E quando veja uma iniciativa como esta do CREA com a Cooperativa Coprossel, com nosso apoio, só tenho que aplaudir. O agricultor vai contratar projetos, vai ganhar uma assistência  melhorada, com projetos ele não será multados porque será bem orientado e com isso nós vamos produzir mais e melhor”.