Correio do Povo: há 30 anos informando a Cantu

Neste 21 de setembro de 2020, o Correio do Povo do Paraná entra em seu 30º ano de circulação. Tudo

Neste 21 de setembro de 2020, o Correio do Povo do Paraná entra em seu 30º ano de circulação. Tudo começou quando Emir Sfair de saudosa memória, resolveu montar um jornal semanário em Guaraniaçu. Ele e sua equipe editaram a primeira edição que circulou no dia 21 de setembro de 1991. Por divergências com seus sócios ofereceu o Jornal para Jair Joanzinho Pereira, que convidou Ademir Padilha Fagundes, para juntos assumirem o jornal em Guaraniaçu, já a partir de sua segunda edição.

Foi assim que surgiu o Jornal Correio do Povo do Paraná. No segundo ano juntou-se à sociedade o jornalista Jean Carlo Paterno, que passou a atender no escritório de Laranjeiras do Sul. Jean permaneceu dois anos com o grupo quando vendeu sua parte da sociedade para se dedicar à música.

Capa da edição do 1º ano do Correio do Povo, quando o jornal ainda era semanário

Cobertura

De lá para cá foram mais de 3,4 mil edições em que o leitor pôde acompanhar as notícias da região da Cantuquiriguaçu pelas páginas do periódico mais lido da região. A circulação era semanal e já no seu primeiro ano tornou-se o principal veículo de comunicação impressa. Por muitos anos o Jornal Correio foi o único jornal que circulava na região hoje conhecida carinhosamente como Cantu.

Ao longo desses anos o jornal ficou conhecido por um jornalismo sério, em defesa das causas que trouxessem o desenvolvimento para a região, e principalmente, por transformar a notícia em um serviço de utilidade pública. Por mais de sete anos os exemplares foram entregues gratuitamente à comunidade.

Diagramação sofrida

As matérias digitadas eram enviadas de ônibus para Cascavel. Lá ficava o setor de diagramação e arte final. Naquele tempo não existiam os computadores e o jornal era redigitado numa forma Composer. (A Composer pode ser definida com a precursora do computador. Ela era uma máquina de escrever, mas funcionava tipo uma máquina fotográfica). O diagramador ia digitando e dentro dela ia gravando em um papel fotográfico que saia em tiras que eram reveladas e coladas em um pestape (uma folha em branco no formato do jornal). Nele, colavam-se as matérias deixando um buraco aonde eram posteriormente colocas as fotos.

Primeira máquina de escrever do Correio do Povo

Parque gráfico iniciou a evolução

Em 2002 o jornal montou seu próprio parque gráfico o que trouxe certa independência com os horários de fechamento da edição. O parque gráfico próprio permitia passos mais ousados, maior número de páginas, um horário maior para o fechamento das edições, páginas coloridas e com isso um ganho na sua linha editorial. Em abril de 2005 o jornal passou a ser bi semanário, circulando nas terças e sextas-feiras. Em setebro de 2011 passou à diário, tornando-se mais dinâmico, com notícias mais atualizadas, mas sem nunca ter perdido o foco de trazer prioritariamente notícias da região.

Primeira capa impressa pela Gráfica Correio

Grupo Correio cresceu

A Gráfica Correio surgiu em 2010, a partir da necessidade de oferecer aos clientes brindes e impressos como folder, revistas, panfletos, pastas. Atualmente, são mais de 100 produtos à disposição dos clientes.

Em julho de 2013, Guarapuava passou a contar com o Extra Guarapuava, jornal de circulação inicialmente semanal que logo passou a ser bi semanal.

Já em julho de 2017, foi lançada a agência Correio Marketing e Consultoria, visando atender a uma demanda crescente na área de assessoria publicitária, consultoria e marketing, com o perfil de prestar serviços de forma rápida, eficaz e com qualidade aos setores públicos e privados.

Em 2018, a TV Correio Digital foi criada, que teve como pontapé a cobertura em vídeo da Expoagro daquele ano.

Já a partir de 2020, a área de brindes ficou ainda maior. A Ki Impressão passou a fazer parte do grupo, ampliando as opções de fachadas, adesivos, lonas, perfurados, entre outras opções.

Atualmente todo o Grupo Correio do Povo é comandado por Ademir Padilha e Joice Fabricio, que empregam cerca de 50 colaboradores.

Os sócios Ademir e Joice Fabricio junto do administrador Antonio Rocha de Freitas criaram o Correio Marketing e ConsultoriaLegenda

 

Missão

PRODUZIR INFORMAÇÃO PERENE DE MANEIRA SUSTENTÁVEL.
 

Visão

SER MODELO DE GESTÃO NO RAMO DE COMUNICAÇÃO.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail