Dia do Idoso: “Em tempos de pandemia, envelhecer é um privilégio”, diz a psicóloga Eva Cristiana de Oliveira

Casa de Repouso de Laranjeiras finaliza hoje (1º) a programação especial para os “avozinhos” da região, com conversas, gincanas, conscientização e muito mais

Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Internacional do Idoso (hoje, 1º de outubro) é uma oportunidade para que as pessoas lembrem que a idade chega para todos, e que, com ela, novas dificuldades surgirão. É por isso que a equipe da Casa de Repouso Francisco Xavier, de Laranjeiras do Sul tem criado medidas para garantir um envelhecimento com qualidade a seus moradores. 

Os profissionais ressaltam que a qualidade de vida na velhice está associada a vida ativa: a busca por hábitos saudáveis como atividade física, alimentação saudável e a manter a mente estimulada com novas atividades. Outro fator associado à qualidade de vida na terceira idade são as relações sociais.

“É por isso que nossa casa é um lar. Procuramos viver como uma família, um protegendo o outro. Temos muita diversão e alegria por aqui: brincamos, rezamos, fazemos churrasquinhos, jogamos, dançamos e acreditamos em um mundo melhor. Nossa regra é nos mantermos esperançosos”, conta a psicóloga da pela Casa de Repouso, Eva Cristiana de Oliveira.

A Casa de Repouso

A Casa de Repouso, que já presta serviços há mais de 30 anos em Laranjeiras do Sul, é uma instituição filantrópica, ou seja, que trabalha indiretamente nos assuntos burocráticos, de forma voluntária. “Nossa equipe é multidisciplinar e é composta por assistente social, psicóloga, fisioterapeuta, nutricionista e enfermeiro junto com os demais profissionais, cuidadores, cozinheiras, técnicas de enfermagem e serviços em geral”, explica Cristina.   

Atualmente a Casa cuida de trinta moradores, que, segundo a profissional, possuem cada um as suas particularidades. “Trabalhar aqui não exige somente a qualificação profissional, mas também um estilo de vida que tenha o compromisso do colaborador de fazer sempre o melhor para o bem-estar dos idosos”.

Dona Ercília e Senhor Silvio, na gincana realizada ontem (30)

“Conviver com um idoso é compreender que mesmo você tendo conhecimento acadêmico, muitas vezes não é o suficiente, pois nesta vida necessitamos de sabedoria no nosso cotidiano. É praticar paciência através da escuta, se alegrar com as pequenas coisas, comer bem, comemorar todos os dias e o principal: se vestir de fé!”, continua.

Os “avozinhos” de Laranjeiras geralmente são acolhidos em momentos de fragilidade, após experenciar situações de violência financeira, maus tratos, isolamento social etc. “Envelhecer é um privilégio de poucos, especialmente nos tempos em que vivemos. Por isso, zelamos pelos aspectos físicos, afetivos e psicológicos dos nossos moradores. Tudo isso exige amor, acima de tudo”.

Os eventos que aconteceram na Semana do Idoso:

– Segunda-feira (27): Contação de Histórias, com Lady Flor.

– Terça-feira (28): Roda de Conversa com os “avôzinhos” sobre o Estatuto dos Idosos, com assistente social Apoliana Popia

– Quarta-Feira (29): Musicoterapia, projeto realizado pela Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

– Quinta-feira (30): Gincanas.

– Hoje (1°): Piquenique no Campo Mendes.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail