Festa de Bom Jesus renova fé e esperança depois de tempos de isolamento

“Vamos viver a espiritualidade promovendo a paz, alegria, reencontro e esse cuidado com a vida em primeiro lugar”, destaca o pároco Sebastião Gulart

A pandemia trouxe um longo período de isolamento social. Após dois anos de uma pausa nas grandes festividades, Laranjeiras do Sul conta este ano com o retorno de uma tradição da cidade. No mês passado ocorreu a 122ª Festa da Padroeira Sant’Ana que atraiu grande público e emocionou fiéis durante as celebrações.

E nesta semana iniciaram as comemorações da 60ª edição da festa em louvor ao Senhor Bom Jesus, uma das maiores da Cantu. A celebração reúne devotos de várias cidades e é comemorada também em Porto Barreiro, Nova Laranjeiras e Rio Bonito do Iguaçu. A festa de Bom Jesus é conhecida principalmente pela renovação de pedidos e pagamento de promessas.

Celebração religiosa

O primeiro dia de celebração do Tríduo ocorreu na noite de quarta-feira (3) e teve como tema ‘Senhor Bom Jesus operário de Nazaré’, presidido pelo padre Sebastião Gulart, com participação das comunidades do Passo Liso.

Sebastião, o novo pároco da igreja Sant’Ana de Laranjeiras, está na cidade a nove meses e participa pela primeira vez da festividade. “Estou conhecendo ainda os festejos locais. A região tem uma devoção grande ao Senhor Bom Jesus e, embora já participasse em Rio Bonito do Iguaçu, é a primeira vez que participo no Campo Mendes. Mas já pude ver a atenção dos fiéis com a preparação e organização da parte religiosa e celebrativa”, relata.

Segundo Sebastião a tradição dos quatro horários de missa está mantida este ano e ainda haverá confissões durante todo o dia. “Depois de quase dois anos, a vontade de voltar a se encontrar é grande. A festa de Sant’Ana já havia proporcionado esse momento e a agora com o Bom Jesus se repete”, lembra.

Padre Sebastião deixa uma mensagem para os fiéis aproveitarem esse momento de volta, mas com cuidado em relação a vida e sem os excessos. “Vamos viver a espiritualidade e nos cuidar, não apenas em relação ao vírus que ainda circula, mas evitando exageros, intrigas, a guerra e o ódio”, destaca. Ao invés disso, “promover a paz, alegria, reencontro e esse cuidado com a vida em primeiro lugar”, destaca.

Organização

Para a organizadora do setor religioso da celebração Geovana Aparecida da Silva, esse será um ano diferente, que tem gosto de volta. “Ano passado tivemos apenas a parte religiosa, com duas missas. Neste ano teremos as quatro missas do dia, em especial a do Bispo Dom Amilton que fará a benção das crianças. E ainda a grandiosa festa da comunidade”, comenta.

De acordo com Geovana muitos vêm para pedir uma benção especial ou agradecer por um milagre recebido. “Nós que trabalhamos na festa sempre ouvimos os relatos de pessoas que receberam seus pedidos e estão aqui para agradecer o que Bom Jesus fez na vida delas e este ano não será diferente”, destaca.

Grupo Correio

O Jornal Correio marca presença durante a procissão deste sábado (6) distribuindo água e chá aos fiéis na BR 277, com apoio da Sanepar e Erva-Mate Laranjeiras. Em homenagem a festividade, haverá um totem do Senhor Bom Jesus produzido pela Ki-Solução no ponto do estande onde o público pode tirar fotos com a imagem do padroeiro.

Laranjeiras: celebração de Corpus Christi reúne multidão de fiéis com retorno do evento

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail