Laranjeiras: com testes somente sob indicação médica, postos de saúde de lotam

Com 1.434 casos registrados apenas este ano, município opera com baixo estoque de exames rápidos. 1 e 2ª doses de vacinas também estão suspensas

Desde o início do ano, Laranjeiras do Sul registrou 1.434 casos de Covid-19. Ainda de acordo com o boletim divulgado pela secretaria de Saúde na tarde desta quarta-feira (2), a cidade conta com mais de 300 casos ativos, com potencial de transmissão. Com o aumento expressivo de casos, elevou-se também a procura por testes rápidos – que já estavam em desfalque em todo Brasil, por conta da alta transmissibilidade da nova variante Ômicron, que afetou a capacidade produtiva de testes. 

Até o dia 20 de janeiro, os testes podiam ser realizados a livre demanda no ginásio de esportes Laranjinha. Na ocasião, foram distribuídas 80 senhas, divididas no período da manhã e tarde. Segundo o secretário de Saúde, Valdecir Valick, a maior parte das solicitações provinham de suspeitos por contato. Porém, outra situação dificultou a capacidade de exames na cidade: muitos profissionais da saúde apresentaram sintomas e precisaram ser isolados, o que dificultou o atendimento a todos os pacientes.

Com essas circunstâncias, as testagens passaram a ocorrer somente sob indicação médica nos postos de saúde. Ou seja, quem apresenta sintomas, primeiro deve consultar o especialista, que verifica a situação e determina quem deve ou não realizar o exame. Nesse sentido, postos de saúde estão sobrecarregados e operam com filas enormes. “É por isso que ainda é importante ressaltar a consciência coletiva da população em relação aos cuidados necessários para conter o avanço do vírus”, ressalta Valick.

Vacinações

Com a vacinação infantil suspensa, é necessário entender que a máscara, o distanciamento e álcool em gel ainda são fatores que podem contribuir para diminuir a sobrecarga nos hospitais e salvar vidas. Além disso, a 3ª dose de reforço também continua a ser aplicada para maiores de 18 anos, para quem já recebeu a 2ª dose há mais de quatro meses, independente do imunizante. Para gestantes o prazo é de cinco meses.

Até o dia 31 de janeiro, Laranjeiras vacinou um total de 27.322 pessoas com a 1ª dose; 24.599 com a 2ª e apenas 8.333 com a 3ª. Destes, 29.919 foram pessoas de 56 a 59 anos; 13.393 idosos; 5.717 pessoas com comorbidades; 2.556 profissionais da saúde; 1.643 profissionais da educação; 4.130 adolescentes de 12 a 17 anos; 53 crianças de 5 a 11 anos com comorbidades e 586 em crianças de 5 a 11 anos.

Consultas e vacinações

As consultas para agendamento de testes para sintomáticos de gripe ou Covid-19 estão ocorrendo nos postos de saúde dos bairros. Excetuado pelo posto Água Verde, todos atendem a partir da 13 horas. É necessário levar documento de identificação e/ou cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

As vacinas (3ª dose) estão sendo aplicadas no Pavilhão da Matriz Sant’Ana. É necessário levar carteira de vacinação, CPF e comprovante de residência.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail