Prefeitura prepara protocolo para retorno às aulas

Secretaria de Educação trabalha para garantir a segurança de estudantes e profissionais num possível regresso das atividades

A prefeitura de Laranjeiras do Sul homologou o protocolo de um possível retorno das atividades presenciais nos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e das escolas da rede municipal de ensino. A família terá total liberdade para decidir em relação a enviar ou não o aluno na aula presencial. No entanto, é necessário que, em casos de mudança de opinião, a família do aluno deve comunicar a direção da escola, onde o aluno está matriculado.

Formas de Retorno

Muito se fala em retorno presencial, remoto e/ou híbrido. A secretaria de Educação esclarece que o retorno remoto será em formato obrigatório, ou seja, se a família optar em não levar o aluno ou ele tiver que ir à escola em semanas alternadas, ele obrigatoriamente terá de fazer atividades remotas para computar os dias letivos. O formato presencial só será possível nos casos em que os pais autorizarem e que a sala tiver um número de alunos que permita o afastamento social necessário. Nas turmas com grande número de alunos retomando, será aplicado o sistema híbrido para que possa ser mantida uma distância de segurança entre os colegas. Neste caso, grupos de uma mesma turma se revezam entre uma semana e outra nos formatos presencial e remoto.

Como será o retorno?

As primeiras turmas (alunos acima de quatro anos) devem iniciar as atividades presenciais provavelmente no dia 20 de julho. A volta dos alunos deverá obedecer ao distanciamento necessário e uso de máscara, será necessário a higienização constante das mãos, haverá aferição de temperatura e alternância de grupos para evitar aglomeração. A secretaria de Educação e as unidades escolares já se organizaram na aquisição de insumos necessários para garantir a segurança, como termômetros e tapetes sanitizantes, além de equipamentos de proteção individual. É importante neste momento a parceria com as famílias no sentido de orientar os alunos quantos aos cuidados necessários no retorno à escola.

Quem pode voltar?

Não há previsão de data para o retorno presencial dos alunos de zero a três anos e também não poderão voltar os alunos pertencentes ao grupo de risco. Poderão escolher pelo retorno presencial somente os pais de alunos acima de quatro anos de idade.

No protocolo de Laranjeiras do Sul, o retorno será possível a partir da aplicação de uma série de protocolos rigorosos de segurança, que incluem uso obrigatório de máscara de proteção facial, aplicação de álcool em gel, aferição de temperatura e distanciamento social. A entrada e saída dos estudantes também ocorre de forma organizada e por turmas, sendo cada período específico para uma delas, evitando aglomerações. Num primeiro momento serão atendidos os alunos acima de 4 anos de idade.

Neste período, elas ainda não são obrigatórias, cabendo aos pais escolherem se enviarão ou não os filhos à escola, além de permanecerem em formato híbrido e escalonado. “É claro que não será uma situação de total normalidade. Isso só vai acontecer quando todos estiverem vacinados. Mas fizemos um planejamento para que todos que queiram possam retornar para a sala de aula. Vamos adotar um sistema híbrido, mas as nossas crianças terão a oportunidade de frequentar as aulas de forma presencial”, explica a secretária de Educação Maria Luiza Simões Nunes dos Santos.

Retorno das atividades presenciais

O retorno das atividades presenciais da Rede Municipal de Ensino de Laranjeiras do Sul, ocorrerá de modo progressivo, com o atendimento de 50% (cinquenta por cento) da quantidade total de alunos em sala de aula, com a realização de atividades presenciais e encaminhamento de atividades domiciliares (Ensino Semipresencial), com o sistema de escalonamento semanal, considerando cada etapa de ensino: O retorno deverá ocorrer de maneira escalonada, semanalmente. Ou seja, uma proporção da turma em atendimento presencial e outra parte da turma em atividades não-presenciais.