Projeto Conexão Mulher é encerrado com o primeiro pedal no Lago Municipal

O evento serviu de incentivo à atividade física e qualidade de vida, e teve como parceira a Associação dos Ciclistas Amigos de Laranjeiras do Sul

O último sábado (26), foi marcado pelo encerramento do projeto Conexão Mulher com o primeiro pedal feminino no Lago Municipal I. O evento serviu de incentivo à atividade física e qualidade de vida, e teve como parceira a Associação dos Ciclistas Amigos de Laranjeiras do Sul.
Em entrevista ao Correio do Povo, as representantes da diretoria Emanueli Patricia Lodi e Glaucia Lodi Dulnik, contaram sobre a importância do evento e a sua trajetória no ciclismo.

Parceria

Conforme a vice-presidente da Acals, Emanueli, a participação no evento se deu mediante o convite do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). “Em alusão ao mês da mulher, nós, como participantes da diretoria da associação, ficamos muito contentes em poder promover o encerramento do projeto com o esporte que valorizamos e gostamos tanto”.

Glaucia, que também representou a diretoria, explica que a Acals começou em uma brincadeira há cerca de 10 anos, e promover essas atividades de pedal é o objetivo da associação. “No começo, saíamos pedalando em um grupo pequeno, e foi então que surgiu a vontade de criar uma associação. O nosso intuito, com o projeto, é fazer com que as pessoas pedalem. Oferecemos suporte e damos apoio, pois sabemos que depois que o ciclista cria gosto pelo esporte, continua por si só”.

Influência e qualidade de vida

O evento teve a participação de ciclistas de todas as idades e famílias reunidas, como a de Jaqueline, praticante do esporte há três anos, que trouxe seus filhos Léo e Laura. Jaqueline diz que começou a praticar o esporte por incentivo de seu marido, que já pedalava. “Como eu iniciei a minha vida com a bicicleta graças ao incentivo dele, hoje sei que influenciei meus filhos também, o que é gratificante demais”.
Conforme ela, quando a filha era menor,  pedalava levando-a na cadeirinha e agora, nota-se o afeto dela pelo esporte. “Hoje todos já pedalam, e andamos em família cuidando da nossa saúde de uma forma divertida, do nosso corpo e nossa mente”.

Jaqueline finaliza e aconselha as pessoas sobre a iniciativa no pedal. “Incentivamos as pessoas mostrando que sempre há um jeitinho de começar, independente da condição física e idade, o importante é dar a primeira pedalada”.

O evento

Além do intuito de trazer bem-estar e qualidade de vida, o evento também promoveu a arrecadação de absorventes para o projeto Ciclo do Bem em prol da pobreza menstrual, o que segundo Glaucia, é uma ótima forma de abordar o tema. “A arrecadação de absorventes e o pedal em si tem o mesmo objetivo, que é a cooperação e o companheirismo, pois se todos se ajudam tudo fica mais fácil e leve, por isso aceitamos o convite de organizar o pedal de encerramento”.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail