Vereadores solicitam envio de projeto que contemple famílias carentes

A ajuda seria para pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social e precisam fazer reparos em suas casas, mas não tem condições financeiras

Deu entrada na Câmara, nesta semana, uma indicação de serviço solicitando ao executivo municipal o encaminhamento de projeto de lei regularizando programa que contemple famílias em situação de vulnerabilidade social. O objetivo do pedido, de autoria da vereadora Valeide Scarpari, em parceria com o presidente Carlos Alberto Machado (Magrão) e o vereador Ivaldonir Panatto é garantir manutenções, ampliações e construções de casas para àqueles  que mais precisam.

Conforme a autora da proposta, o pedido é para garantir ao cidadão uma moradia com dignidade e conforto. “O objetivo desta ação é solicitar ao Executivo que envie à Câmara projeto de lei para criar e regulamentar um programa para apoiar o fomento à habitação. Uma casa nova, estruturada, significa mais dignidade a quem realmente precisa, sendo um importante passo para diminuir a desigualdade social”, destacou Valeide Scarpari.

Segundo ela, a indicação é para poder ajudar as famílias mais carentes que vivem na vulnerabilidade. “É um projeto que vai ajudar as pessoas que por exemplo, precisam comprar telhas para sua casa e não tem o dinheiro. Ou está com um banheiro que não tenha mais como ser usado. Essa é a finalidade’’, diz.

Requisito

Valeide diz que é importante salientar que serão apenas para famílias que tenham sua própria casa, e não casa alugada. “Procurei o secretário de Obras Leoni Luiz Meletti, ele comentou que não temos uma lei que nos ampara para fazer isso hoje, então essa é a ideia, conversei com o prefeito Berto Silva e o vice Valdemir Scarpari para fazermos essa lei”.

A vereadora explica que neste caso, a Câmara passaria um valor X e a prefeitura repassaria para a secretaria de Obras, então seria feito um cadastro dessas pessoas, uma avaliação, para então serem atendidas. “Acredito muito nesse projeto e sei que tem muitas pessoas em nosso município que precisam dessa ajuda”, finaliza Valeide.