Entretenimento

80 anos de Super-Homem: conheça o filme de 1948

Hoje (18), a DC Comics está celebrando os 80 anos do Super-Homem. Peça fundamental na história do entretenimento, ele já apareceu em praticamente todas as outras mídias além dos quadrinhos: livros, filmes, games e séries de TV.

A adaptação mais famosa do herói é Superman: O Filme, que chegou aos   cinemas em 1978 com Christopher Reeve no papel principal. O que muita gente não sabe é que 30 anos antes o herói teve seu próprio filme-seriado dominando as telonas dos EUA.

 

Filme ou seriado nos cinemas?

O projeto de 1948 era estrelado pelo ator Kirk Alyn, e contava a origem do personagem e suas primeiras aventuras em Metrópolis. Ao todo, o filme tinha cerca de quatro horas de duração, mas o modelo de mercado da época dividiu-o em 15 episódios de 16 minutos cada. E por cerca de quatro meses, as pessoas tinham que ir ao cinema, semanalmente, para acompanhar as idas e vindas do homem com a cueca por cima da calça.

Naquela época, os executivos dos estúdios não mantinham tanto controle sobre a bilheteria quanto nos dias de hoje, então não existem registros de quanto exatamente o filme-seriado arrecadou, mas sabe-se que ele foi um sucesso comercial, levando centenas de crianças aos cinemas, ávidas para acompanharem as aventuras do herói.

 

Desafios

Os efeitos especiais eram um desafio nos anos 40. Para resolver isso, a Columbia optou por usar animações nas cenas em que o Superman voava. Algumas vezes as sequências eram completamente desenhadas, em outras, se apresentavam inseridas no meio de filmagens live-action.

Como estratégia de marketing, a Columbia Pictures, estúdio que produziu o longa, creditou Alyn como intérprete apenas de Clark Kent, divulgando que o Superman era real e estava interpretando a si mesmo nos episódios. Foi nessa obra também que surgiu o famoso bordão Ao alto e avante!, que foi criado pelos roteiristas como uma resposta divertida ao famoso Hi-Yo Silver! do Cavaleiro Solitário.

 

Brasil

O filme de 1948 foi lançado em DVD no Brasil em 2011, então é relativamente fácil de se assistir as aventuras de Clark Kent, de Míriam Lane (o nome da personagem nas primeiras HQs que chegaram ao país) e do Superman que era interpretado por ele mesmo.

 

Confira um trailer: