Política

Lula se entrega e é preso pela PF

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é preso. Por volta de 18h40 ele deixou a sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, a pé. Atravessou uma viela e entrou em um carro da PF que o esperava perto dali.

Lula tentou deixar o sindicato para se entregar por volta de 17h deste sábado (7), mas militantes cercaram o portão e impediram a saída do carro. O presidente desceu do carro e voltou para dentro do prédio do sindicato.

Em seguida, a PF deu um ultimato de meia hora para que ele se apresentasse. Dirigentes conversaram com a militância e explicaram a situação.

O petista nasceu em Garanhuns, agreste pernambucano, em 1945. Migrou para São Paulo aos 7 anos, liderou o movimento sindical contra a ditadura no ABC paulista no final dos anos 1970 e fundou o Partido dos Trabalhadores em 1980, galvanizando a esquerda brasileira nas quatro décadas seguintes.

Elegeu-se presidente em 2002, na sua quarta candidatura, e reelegeu-se em 2006. Sob seu governo, o país acelerou o crescimento da renda e reduziu a pobreza e a desigualdade, acompanhando o que ocorria em outras nações emergentes.

Recordista de popularidade, ao deixar o cargo elegeu uma novata, Dilma Rousseff, como sucessora. Reeleita em 2014, ela sofreu impeachment em 2016.

Dois dos maiores escândalos de corrupção já registrados, o mensalão e o petrolão -revelado pela Operação Lava Jato-, arrebataram o governo durante o ciclo petista, bem como a mais profunda e extensa recessão em 34 anos.

Lula foi condenado por Moro no caso do tríplex de Guarujá em julho de 2017. Em janeiro, os juízes do TRF-4 confirmaram a condenação e votaram por aumentar a pena do petista para 12 anos e um mês de prisão.