Mundo

Robô vai ser enviado para Marte para entender o nascimento dos planetas

Apesar de nunca termos pisado lá – por enquanto –, Marte é um planeta relativamente bem conhecido pelos terráqueos, com diversas de missões bem-sucedidas feitas pela NASA trazendo diversos tipos de informações.

Agora, porém, a agência espacial norte-americana pretende mandar mais um robô para o Planeta Vermelho para descobrir algo ainda velado para os cientistas da Terra: como é o subsolo marciano.

A ideia dessa missão é bastante ambiciosa: descobrir como os planetas rochosos – como Marte e a própria Terra – foram criados. Ainda temos que olhar para dentro de Marte. Nós apenas vimos menos de um por cento, diz Sue Smrekar, um dos chefes da missão. O que vamos fazer agora é olhar para baixo. Vamos ver o resto de Marte, os outros 99,9%, que nunca vimos antes.

  

Tremores e temperatura

O robô vai contar com tecnologias diferentes de tudo o que já foi levado para Marte, como um sismógrafo hipersensível e uma sonda de fluxo de calor. Isso vai dar à NASA mais informações sobre como o Planeta Vermelho foi formado e, por consequência, vamos poder saber mais sobre o passado da Terra.

A missão vai ajudar a NASA a descobrir, também, onde existe gelo debaixo da superfície marciana e, quem sabe, se há água em estado líquido por lá. Além disso, muitos dados meteorológicos também serão enviados para a Terra para complementar esse novo estudo que pode mudar nossa noção de como os planetas nasceram.

 

Via: TecMundo