Guarapuava: novos detalhes sobre as vítimas do ataque são divulgados

O Hemocentro de Guarapuava está fazendo uma campanha de doação de sangue para um dos policiais ferido

Durante a ação de criminosos na madrugada desta segunda-feira (18), três policiais do CANIL se preparavam para enfrentar os assaltantes e ao sair do batalhão deram de encontro com vários criminosos fortemente armados à espera. Em menos de 10 metros para fora do batalhão, a viatura já foi atingida com diversos disparos.

O policial condutor, indentificado como Cabo José Douglas Bonato, foi atingido na perna esquerda ocasionando uma fratura exposta. Com os disparos ele acelerou e conseguiu jogar a viatura para trás do batalhão.

Bonato não havia percebido o ferimento na perna e saiu da viatura, caindo no chão. Ele rastejou até uma mata onde encontrou abrigo e trocou tiros com os agressores. Entre disparos conseguiu aplicar a técnica do torniquete para conter a hemorragia na perna. Pelo rádio pediu apoio ao restante da equipe que foram até o local onde continuaram os disparos.

Bonato foi resgatado consciente e encaminhado ao hospital de Guarapuava.

Outro policial que estava na viatura, Cabo Ricieri Chagas, foi atingido no rosto por um disparo. O terceiro PM no veículo, Cabo Wendler, se salvou de um disparo que atingiu seu celular, e mesmo com o carro sem um dos pneus e parcialmente destruído pelos disparos, ele conseguiu socorrer o policial Ricieri em estado grave e levá-lo ao hospital.

Viatura do CHOQUE atingida – Fotos: Reprodução

De acordo com a prefeitura a terceira vítima é um morador da cidade que foi atingido no braço durante a troca de tiros, e que está fora de risco.

Estado de saúde

Cabo José Douglas Bonato: foi resgatado em segurança e conscinete. Teve o ferimento no mebro inferior esquerdo, foi operado, está consciente e não corre risco de vida, segundo a PM;

Cabo Ricieri Chagas: teve o ferimento na cabeça, foi internado em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Conforme a PM, o policial foi intubado e está em coma induzido, inicialmente sem indicação de cirurgia. O quadro é considerado estável.

A família do Cabo pede por orações nas redes sociais. O Hemocentro de Guarapuava está fazendo uma campanha para doação de sangue do tipo O- para o Cabo Ricieri.

Publicação de sua filha nas redes sociais -Foto: Reprodução

Terceira vítima: fora de risco e passa bem de acordo com a prefeitura.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail