PF prende professor que divulgou ameaças ao ministro Alexandre de Moraes

Neste domingo (5) a Polícia Federal prendeu Marcio Giovani Nigue, mais conhecido como professor Marcinho, por compartilhar pelas redes sociais

Neste domingo (5) a Polícia Federal prendeu Marcio Giovani Nigue, mais conhecido como professor Marcinho, por compartilhar pelas redes sociais uma ameaça ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de São Paulo.

Marcio compartilhou em suas redes sociais que um empresário de “grande porte” estaria oferecendo “uma grana federal” pela cabeça de Alexandre de Moraes.

“A partir de hoje, temos um agrupamento que nós vamos caçar o ministro em qualquer lugar que eles estejam. Portugal, Espanha, China, onde eles estiverem” disse o professor em suas redes sociais.

Ele ainda afirmou que o dinheiro vale pela cabeça do ministro Alexandre de Moraes “vivo ou morto”. “Agora no Brasil, os ministros do STF vai ser assim, vai ter prêmio pela cabeça deles”, disse.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail