Goioxim investe na modernização da iluminação pública

Município faz parceria com o governo do Estado e troca lâmpadas tradicionais por luminárias a LED

Substituir os sistemas tradicionais de iluminação pública de Goioxim por luminárias a LED pode trazer benefícios à população e para a administração municipal. Para o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU), João Carlos Ortega, a melhoria da qualidade de vida para toda uma comunidade deve ser considerada no momento de decidir sobre qual projeto executar. “O gestor municipal precisa conhecer bem as demandas locais, avaliar as prioridades e decidir com base nos benefícios a serem alcançados para todos” afirma.

Promover melhorias na iluminação pública, com a troca das luminárias convencionais por sistemas a LED, está entre os projetos que recebem o apoio da SEDU. No momento, cinco ações estão em execução em quatro municípios do Paraná (Clevelândia, Goioxim, Sertaneja e Verê), com a aprovação de R$ 3 milhões do Tesouro do Estado, operações de crédito e contrapartidas municipais.

Mudar para um sistema melhor e mais eficiente significa economia de recursos públicos, uma vez que consumo menor diminui a conta mensal de energia elétrica. “O dinheiro que a Prefeitura economiza pode ser aplicado em outras iniciativas em benefício da população. Assim, outras melhorias podem chegar a mais e mais pessoas”, enfatiza Ortega. Para os moradores, pedestres e os condutores de veículos, a percepção é de maior segurança. Há, ainda, resultados positivos para o meio ambiente: a menor demanda diminui a necessidade de intervir na natureza para gerar mais energia.

Cantagalo

O prefeito de Cantagalo João Konjunski e o Deputado Estadual Artagão Júnior estiveram na semana passada com o presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Jorge Lange, para discutir projetos da área.

Casas populares e regularização fundiária são temas de audiências na Cohapar. Na audiência, esteve em pauta o aluguel social das famílias da Vila Chimin, localidade onde estão sendo finalizadas as obras de 119 casas. O prefeito ainda apresentou projeto de um novo loteamento.

Pinhão

No sábado (13), durante atendimento a denúncias anônimas de que um acampamento onde pescadores estariam armando redes e boias louca, na área de Pinhão, área esta que margeia o alagado do Santa Clara, no local foi avistada uma barraca com dois indivíduos sendo abordados e identificados.

Foi realizado a revista no acampamento e dentro de um saco encontrado 3 redes de malhas diversas totalizando 95 metros de redes e também encontradas 19 boias loucas, foram encontrados peixes nativos da espécies Cascudos e Traíra, totalizando 12 kg de pescado.

Devido os fatos os dois foram conduzidos para a delegacia de polícia de Pinhão juntamente com os apetrechos, peixes e um motor Marca Mercury 4HP, para que sejam tomadas as medidas cabíveis aos fatos. A multa foi de R$ 1240.