Governo confirma toque de recolher no Paraná para segurar aglomerações e alta da Covid

O Governo do Paraná anunciou a implementação de toque de recolher, provavelmente entre as 23h e as 5h, ainda nesta

O Governo do Paraná anunciou a implementação de toque de recolher, provavelmente entre as 23h e as 5h, ainda nesta semana, para tentar frear a rápida expansão do coronavírus no estado, atribuída, em grande parte, à aglomeração de jovens em bares e eventos noturnos.
Em nota à imprensa, o governo informou que serão anunciados “dois novos instrumentos jurídicos para ajudar a conter a alta disseminação do vírus verificada nos últimos dias”. Uma das medidas envolve o toque de recolher, ou seja, a proibição de circulação de pessoas no período noturno. 
Restam dúvidas ainda sobre o horário da restrição: se entre 22h e 5h ou entre 23h e 5h. A outra medida será a recomendação da retomada das atividades de trabalho remoto de servidores estaduais, semelhante à resolução anteriormente publicada pela Secretaria de Saúde.
As normativas deverão ser publicadas até a quarta-feira (2). Beto Preto, secretário de saúde do Paraná, havia alertado para a possibilidade do toque de recolher na manhã desta terça-feira.
 “Queremos diminuir o fluxo de pessoas, para que elas fiquem em casa. É difícil, mas queremos fazer uma estratégia ampla sem atingir a atividade comercial”, ressaltou. O secretário ressaltou a importância de a população cuidar com as festas de final de ano. 
“Estamos com 500 casos de surtos ativos de coronavírus no Paraná. Surtos familiares, surtos em empresas. Ou seja, o vírus está em transmissão comunitária. É preciso conscientização pública”, alertou.