Nova diretoria do Consórcio Paraná Saúde reforça parceria com o Estado

A nova diretoria foi eleita no auditório do Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, e tomará posse em janeiro para a gestão de dois anos.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, recebeu nesta segunda-feira (21) o novo Conselho Deliberativo do Consórcio Paraná Saúde, associação que reúne 398 municípios para a compra de medicamentos e insumos hospitalares. 
O secretário afirmou o Governo Ratinho Junior apoia integralmente os consórcios de saúde como instrumento de regionalização dos serviços. 
“Somos uma gestão municipalista que tem o objetivo de levar a saúde para perto da casa de cada cidadão”, afirmou.
Na semana passada, pela primeira vez em 21 anos de existência, o Consórcio Paraná Saúde teve as parcelas quitadas dentro do exercício contratual. 
“É um esforço do Governo do Estado em reconhecimento à credibilidade e sobriedade do consórcio, que é modelo para o Estado na aquisição de medicamentos e que também amplia negociações para aquisições de insumos hospitalares”, disse o secretário.
Beto Preto ressaltou, ainda, que além da quitação das parcelas ao Consórcio Paraná Saúde, o Fundo Estadual de Saúde (Funsaúde) quitou as parcelas relativas ao pagamento dos prestadores de serviços.
Formarão o Conselho Deliberativo os prefeitos eleitos de Marilândia do Sul, Aquiles Takeda Filho, que será o presidente; de Inácio Martins, Junior Benato, vice-presidente; e de Mangueirinha, Elídio de Moraes, que ocupará o cargo de secretário. 
Ainda irão compor a diretoria os prefeitos eleitos de Vera Cruz do Oeste, Marcos Pescador, e de Colombo, Helder Lazarotto. O prefeito de Apucarana, Sebastiao Ferreira Martins Junior, será o conselheiro fiscal do Consórcio.


Proposta
O novo presidente do Conselho Deliberativo disse que o Paraná Saúde é hoje o maior consórcio do Estado, com orçamento acima dos R$ 210 milhões e participação de 398 municípios.
“Proporcionamos economia em escala para os municípios consorciados na aquisição de 162 componentes da Farmácia do Estado. E agora temos a meta de alcançar a mesma proporção na compra materiais hospitalares” destacou Takeda Filho.
Outra proposta, acrescentou, é a atração de mais municípios para compras maiores junto ao consórcio. 
“Quanto maior o volume de compra, maior a economicidade proporcionada aos municípios”, destacou o prefeito eleito de Marilândia do Sul.
“Em nome dos 398 municípios participantes do Consórcio Paraná Saúde, agradecemos a parceria da Sesa e do Governo do Estado na construção de uma rede de saúde mais ampla e eficaz para a população”, complementou o novo presidente do consórcio.
 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail