Celebração dos 60 anos de ordenação sacerdotal do Padre Vieslau marca o fim de semana em Espigão Alto do Iguaçu

A Paróquia Nossa Senhora da Luz num momento histórico com uma dupla comemoração e com a presença do Bispo Dom

A Paróquia Nossa Senhora da Luz num momento histórico com uma dupla comemoração e com a presença do Bispo Dom Amilton Manoel da Silva foi celebrado os 60 anos de sacerdócio do Padre Wieslau Morawski e os 25 anos de fundação de Espigão Alto no último domingo (11) de abril.

O município viveu um dia especial com a presença de convidados ilustres, entre eles o bispo da Diocese de Guarapuava, dom Amilton Manoel da Silva,  o presidente da Câmara de Vereadores, Edimir Czechoski “Chuvisco”, e os vereadores da Câmara, além do prefeito Agenor Bertoncelo, e do vice José Nilson Zgoda.

“Padre Vieslau, com grande ardor missionário, veio da Polônia para o Brasil, há 48 anos. Escolheu a Diocese de Guarapuava, para exercer o seu ministério; há 42 anos ele se integrou ao nosso clero. Homem de profunda fé, espiritualidade, amor a Jesus Cristo, à Igreja e ao povo, foi um empreendedor incansável, deixando marcas indeléveis nas paróquias onde atuou como pároco ou vigário paroquial. Colaborou também na formação dos seminaristas da Diocese”, disse o bispo Dom Amilton.

 As homenagens, no final da Missa, confirmaram a grande estima do povo para com o padre. “Tudo o que realizei foi com amor, para a glória de Deus, a conversão dos pecadores e pelas vocações” citou Dom Amilton.

Já o vice-prefeito Zé Zgoda disse que a afinidade no município, onde está sendo possível transformar a comemoração de aniversário do município, num marco histórico. “Estar numa cerimônia em comemoração ao aniversário do município de 25 anos de emancipação  e ao mesmo tempo homenagear o Wieslau é motivo de muito orgulho para nós e isso é história para todos nós cristão e municipes”, destacou Zgoda.

“Tenho o Padre Wieslau com um paizão, como católico que sou. Temos que parabenizar a gestão do prefeito Agenor Bertoncelo e o Padre Marcos, pela bela iniciativa de comemorar o aniversário do município, numa celebração que certamente ficará marcada em nossas memórias”, finalizou dizendo que nos próximos dias será votado um projeto de Lei, que concede Título de Cidadão Honorário ao religioso”, disse o vereador Edimir Czechski, o “Chuvisco”.