Conheça seus Impostos: IOF, o imposto que regula as operações econômicas nacionais

Esse imposto incide na maior parte dos investimentos e nas demandas por crédito

Sabe-se que os brasileiros pagam muitos impostos, e o mais alarmante disso tudo é que muitos não sabem pelo que estão sendo cobrados. Hoje conheceremos mais um imposto brasileiro, o IOF.

O que é IOF

O Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) está presente em crédito, câmbio e seguros, além de operações titulares e valores imobiliários como bolsa de valores ou fundo imobiliário e é pago por pessoas físicas e jurídicas. 

É um imposto federal e tem como objetivo regular a economia nacional. A taxa cobrada em cada operação é vista como um recolhimento proporcional dos investimentos, através da demanda e oferta de crédito. O percentual pode mudar a qualquer momento sem passar pelo Congresso Nacional, o que facilita o governo a controlar essas transações.

IOF no seu crédito

Algumas pessoas não levam em consideração o imposto ao fazer compras. Às vezes, elas avaliam apenas o valor da parcela. O consumidor precisa ficar de olho no percentual do IOF que aparece no seu pedido de crédito, para não acabar pagando mais caro no Custo Efetivo Total (CET).

Mas nem todos os créditos têm IOF. Em opções de pagamento como parcelamentos sem juros ou cartões de loja, o imposto não é cobrado.

Valor do IOF em cada operação

•Câmbio: Quando você compra moeda estrangeira, física ou usando o cartão internacional, cai sobre 6,38% do valor;

•Seguro: O valor cobrado é de aproximadamente 7,38%, podendo chegar até 25%;

•Cartão de crédito, empréstimo e financiamento: É cobrado 0,38% de IOF e tem um limite de 3%;

•Títulos e fundos imobiliários: É 1,5% ao dia.

Cheque especial

O cheque especial é um serviço que possui a taxa mais cara do mercado. Caso você tenha uma dívida com este serviço, o cálculo é atualizado diariamente, ou seja, quanto mais tempo você ficar com a dívida, maior será o valor.

Estando no vermelho o IOF cobrado é de 0,38%, e por dia você pagará o equivalente a 0,0082% até cobrir a conta, mesmo que não seja uma porcentagem alta pode prejudicar o seu bolso. 

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail