Dois trabalhadores morreram após a queda de um silo de 80 toneladas em Guarapuava

O silo armazenava 80 toneladas de trigo

Ontem (15), dois trabalhadores de uma empresa em Guarapuava a beira da BR 277, morreram após a queda de um silo de trigo. Informações do Corpo de Bombeiros afirmam que os dois funcionários, de 27 e 41 anos, foram soterrados por 80 toneladas de trigo.

Até o momento não há informações sobre o que provocou a queda do silo sobre os trabalhadores, nem a causa exata das mortes.

“Aparentemente um deles estava subindo a escada e o outro estaria perto da base do silo no momento da queda, mas só a perícia poderá afirmar”, disse o tenente Edimar Souza Penteado.

O tenente também informou que o resgate demorou cerca de uma hora, tendo o suporte de outros trabalhadores do local, assim como os médicos do Samu, policiais militares e a Polícia Científica

Para a retirada dos dois, primeiro foi necessário retirar a grande quantidade do trigo que havia caído, para depois as autoridades terem acesso a estrutura metálica que estava sobre os homens.

Um médico do Samu que estava no local do acidente constatou a morte de ambos, que foram encontrados com múltiplos ferimentos.

A empresa

A Agropecuária Tateiva lamentou a morte dos dois funcionários e afirmou que logo após o acidente houve o pronto atendimento das vítimas.

De acordo com a empresa de beneficiamento de cereais, toda assistência devida está sendo prestada às famílias dos colaboradores que faleceram.

Quer ficar por dentro das novidades? Então nos acompanhe pelo Facebook | Twitter | YouTube | Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail