Guaraniaçu fará regularização fundiária em cerca de 500 terrenos

O projeto trará segurança e garantia de que quem está morando no terreno há tantos anos se torne seu legítimo dono por meio da escrituração

Nesta quarta-feira (07), o prefeito de Guaraniaçu, Osmário Portela, compartilhou uma grande conquista para o município. Após a participação em duas Audiências Públicas realizadas no Centro Cultural, a cidade obteve aval para iniciar um projeto sociais da administração que contará com a Regularização Fundiária Urbana (REURB).

Na primeira Audiência Pública estiveram presentes os moradores de áreas a serem regularizadas no bairro Jardim Real e a segunda contou com a presença de moradores do bairro Santa Clara.

“A ideia do projeto em parceria com a Associação para o Desenvolvimento Habitacional Sustentável de Santa Catarina (Adehasc) é regularizar e documentar cerca de 500 terrenos irregulares em um prazo estimado de aproximadamente 65 dias”, detalhou o prefeito.

O projeto trará segurança e garantia de que quem está morando no terreno há tantos anos se torne seu legítimo dono por meio da escrituração. Em breve a prefeitura fará também Audiência Pública com moradores de outras regiões.

“Essas ruas são muito importância para nosso município e nós queremos facilitar a vida das pessoas, garantindo toda a documentação dos imóveis com mais agilidade. Em breve faremos Audiência Pública com moradores de outras regiões”, relembrou Osmário.

Estiveram presentes na reunião os moradores do Jardim Real e do Santa Clara, os vereadores Carlos Roberto Ferreira, Gustavo Moraes, Marcelo Corona, Santin e dos Secretários de Administração (Zico), Assistência Social (Jucinei), Finanças (João Batista) e da Saúde (Ivone Fabricio).