Morre de covid-19 Raymundo Magliano Filho, ex-presidente da Bovespa

O ex-presidente da Bolsa de Valores de São Paulo, Raymundo Magliano Filho, morreu nesta segunda-feira (11), aos 78 anos, vítima

O ex-presidente da Bolsa de Valores de São Paulo, Raymundo Magliano Filho, morreu nesta segunda-feira (11), aos 78 anos, vítima da covid-19, contra a qual lutava desde novembro. Comandante da Bovespa entre 2001 e 2008, até a fusão com a BM&F – que deu origem à BM&FBovespa (hoje B3, após fusão com a Cetip) -, “seu Magliano” sempre foi conhecido por sua batalha para o desenvolvimento do mercado de capitais no Brasil, algo que há 20 anos era muito mais desafiador, dadas as elevadíssimas taxas de juros que afastavam os investidores do mercado de ações.