Morre de covid-19 Raymundo Magliano Filho, ex-presidente da Bovespa

O ex-presidente da Bolsa de Valores de São Paulo, Raymundo Magliano Filho, morreu nesta segunda-feira (11), aos 78 anos, vítima

O ex-presidente da Bolsa de Valores de São Paulo, Raymundo Magliano Filho, morreu nesta segunda-feira (11), aos 78 anos, vítima da covid-19, contra a qual lutava desde novembro. Comandante da Bovespa entre 2001 e 2008, até a fusão com a BM&F – que deu origem à BM&FBovespa (hoje B3, após fusão com a Cetip) -, “seu Magliano” sempre foi conhecido por sua batalha para o desenvolvimento do mercado de capitais no Brasil, algo que há 20 anos era muito mais desafiador, dadas as elevadíssimas taxas de juros que afastavam os investidores do mercado de ações.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail