Pão pode ficar mais caro por guerra entre Rússia e Ucrânia, duas grandes produtoras de trigo

Preço do trigo já disparou em fevereiro desde o início da guerra

Nos próximos meses a expectativa é de que o preço de derivados do trigo aumentem como resultado do conflito entre Ucrânia e Rússia, responsáveis por 30% das vendas mundiais do cereal. De acordo com especialistas o impacto deve chegar em breve, na farinha, pão e massas.

De acordo com o especialista de trigo da consultoria Safras & Mercado, Élcio Bento, com a guerra o valor do produto na Bolsa de Chicago (EUA) chegou a 40% a mais entre 23 de fevereiro e 7 de março.

“O reflexo nos preços dos pães e massas, tende a ser imediato. O trigo que está sendo usado, neste momento, para fazer farinha, foi comprado por um valor menor. Mas, se você pensar como empresa, ao saber que a matéria-prima vai aumentar, você começa a repassar preço rapidamente”, diz Bento.

95% do trigo do Brasil vem da Argentina, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), e a alta no mercado externo mexe com os preços de todos os países, logo muitos irão a procura da Argentina o que fará o preço subir.

Segundo ele, os estoques de trigo mais barato devem acabar, aproximadamente, em abril, mês em que, para o economista, o aumento de preços deve começar a ser sentido no bolso do consumidor.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail