Regras para o microcrédito do Caixa Tem serão divulgados no próximo mês

Criado em 2020, logo no começo da pandemia, o aplicativo Caixa Tem é a principal ferramenta do cidadão brasileiro e

Criado em 2020, logo no começo da pandemia, o aplicativo Caixa Tem é a principal ferramenta do cidadão brasileiro e beneficiário do auxílio emergencial para a movimentação dos recursos do programa.

Além de permitir o pagamento de boletos online e em casas lotéricas, realizar recargas para aparelhos celulares, realizar transferências TED e DOC, criar chaves Pix, dentre inúmeras outras funções, a plataforma terá também uma linha de microcrédito com valores entre R$ 500 e R$ 3 mil.

30 milhões de pessoas terão acesso ao serviço

A novidade foi confirmada pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Segundo o executivo, a iniciativa facilitará o acesso a empréstimos pré-aprovados para cerca de 30 milhões de usuários do Caixa Tem. Além do limite satisfatório, os acordos também terão prazo estendido para pagar, entre 18 e 24 meses.

“A gente vai conjugar o final do auxílio emergencial com o começo do programa de microcrédito para 30 milhões de pessoas e nós vamos conjugar com dois grupos, o grupo que vai receber o Bolsa Família, este grupo não tem condição de pagar, então é uma transferência de renda, e o grupo que tem condição de pagar”, disse o presidente.

Acessibilidade financeira

O intuito da medida é transformar o Caixa Tem no banco do povo, com foco na inclusão financeira e desbancarização de serviços até então restritos para quem era cliente dos chamados “bancões”.

Guimarães destacou ainda que, no novo programa de microcrédito do Caixa Tem, as pessoas saberão de antemão, por meio de simulações, o quanto irão pagar. Para o executivo, isso é de extrema importância, visto que a maioria das pessoas não consegue fazer de forma simples o cálculo de juros compostos.

“O importante  [para a pessoa] é quanto eu vou pagar por mês e se isso cabe no orçamento dela, então esse programa nós já vamos lançar quando for realizar o Bolsa Família. [Quanto ao novo] Bolsa Família, a Caixa Econômica e eu estamos envolvidos na parte operacional, quem realmente está fazendo essa discussão é o Ministério da Cidadania com o Ministério da Economia”, disse o presidente da estatal.

O programa de microcrédito que estará disponível pelo aplicativo Caixa Tem terá suas regras divulgadas a partir do mês de setembro.