Agosto Azul: Candói e Espigão realizam ação de conscientização

Entenda a origem da campanha, que estimulou municípios a prestarem serviços de cuidados e conscientização à saúde masculina

Na última sexta-feira (20), a equipe da UBS Paz, de Candói, realizou a “Tenda do Homem”, uma ação de prevenção à saúde do homem neste Agosto Azul. Nela, foram realizados testes rápidos, aferição de pressão, avaliação nutricional e orientações de cuidados com a saúde.

Em Espigão Alto do Iguaçu, a secretaria de Saúde também promoveu uma manhã especial no sábado (21) em lembrança ao Agosto Azul. No evento, foi dado início a coleta de exames preventivos de próstata, no combate ao câncer em homens acima de 45 anos.

Origem do Agosto Azul

A campanha de incentivo ao cuidado com a saúde do homem foi instituída no Paraná pela Lei nº 17.099/2012 para trazer informação para que o homem reflita, entenda e aprenda a adotar hábitos de vida saudáveis.

Além disso, várias ações que envolvem a saúde do homem  têm como base a Política Nacional de Atenção Integral da Saúde do Homem, estabelecida em cinco eixos principais: acesso e acolhimento, organizando espaços e ações de saúde inclusivas a este público; saúde sexual e reprodutiva, respeitando e aceitando os direitos individuais; e paternidade e cuidado, destacando os benefícios do envolvimento ativo dos homens em todas as fases da gestação e nas ações de cuidado dos filhos.

Agosto Azul na pandemia

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) realizou no início do mês, um evento online para marcar a início das atividades da campanha Agosto Azul, que ocorrerá até o final do mês. A Sesa incentivou e apoiou os municípios na organização de atividades sobre o tema.

Em virtude da pandemia da Covid-19, a maior parte da programação deste ano foi desenvolvida em canais virtuais, a fim de evitar aglomerações. Neste ano a campanha tem como tema “Homem, torne a sua vida melhor! Cuide da sua Saúde”.

“É preocupante para a saúde pública o fato de que o homem, geralmente, busca pelo serviço já na atenção especializada, com o problema instalado e muitas vezes evoluindo de maneira insatisfatória, causando consequências como agravo da morbidade, maior sofrimento, menor possibilidade de resolução do problema de saúde e maior ônus para o SUS”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Dados

A atenção primária à saúde no Paraná tem cadastrados, entre janeiro a julho deste ano, 4.275.378 usuários do sexo masculino e realizou neste período 1.017.075 atendimentos.

“São vários programas desenvolvidos pela Sesa e que abrangem a Saúde do Homem, como o programa de controle do tabagismo, o programa de saúde mental e o Vida no Trânsito, um projeto nacional para a redução do número de acidentes e que no Estado conta com a participação dos municípios considerados de maior porte”, arrematou a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail