Vazio sanitário no Paraná começa em 10 de junho

Durante o período da ferrugem asiática é proibido plantas oleaginosas vivas no campo

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, no Diário Oficial da União, a Portaria 516, que estabelece os períodos de vazio sanitário para a soja em 21 Estados no ano de 2022. No Paraná, o vazio sanitário tem início no dia 10 de junho e encerra em 10 de setembro.

Esta é a primeira vez que a medida fitossanitária está sob competência do Mapa. Ainda, o período de 90 dias, antes uma recomendação da Embrapa Soja, tornou-se obrigatório.

O vazio sanitário é uma medida que visa fazer o controle do fungo Phakopsora pachyrhizi, causador da ferrugem asiática na cultura da soja. Durante o período, é proibido semear ou manter plantas vivas da oleaginosa no campo. O objetivo é evitar a ocorrência da doença durante a safra, cujos danos podem atingir até 90% da produção.

A ferrugem asiática possui alto potencial destrutivo e é disseminada com rapidez. É importante que os produtores rurais estejam atentos ao período de vazio sanitário, seguindo as orientações.  Além de se propagar pelo vento, clima úmido e temperaturas amenas, favorece a proliferação da doença, podendo ser manifestada em qualquer estágio de desenvolvimento da cultura e em diferentes partes da planta.
O Paraná é um dos estados que mais sofre com a ferrugem asiática. Segundo o Consórcio Antiferrugem, em dezembro, foram registradas as primeiras ocorrências da doença na safra 2021/22 do Estado, além de São Paulo, Roraima e Minas Gerais.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail