Operário feminino perde seu segundo jogo fora de casa contra o Londrina

“Com a chegada de novas atletas e intensificando os treinamentos, precisamos entregar muito mais em técnica”, diz o técnico Gustavo Rossetim

O time feminino do Operário (AFFLS) liderado pelo técnico Gustavo Rossetim, esteve no sábado (30) em Londrina para sua segunda partida, pela rodada da Chave Ouro do Paranaense de Futsal, no ginásio Unopar Piza.

Após uma derrota em casa contra as Panteras de Telêmaco Borba, a equipe chegou para este jogo, trazendo duas novidades. A ala Karoline de Fátima Bandeira da Costa (Karool), com 22 anos, integra o time trazendo o título de campeã dos Jogos Aberto do Paraná, em Campina Grande do Sul.

A segunda contratação é a fixa/ala Tassiane Rebeca Capistrano Lopes (Tassi), com 20 anos e título de campeã dos Jogos Abertos, em Campina do Sul, ela também traz um histórico nacional, quando atuou pela Seleção Brasileira de fut 7.

Com a palavra: o técnico

Na expectativa dessa partida, o técnico Gustavo Rossetim explicou como foi a preparação para este jogo. “Sabemos que perdemos na estreia contra o Telêmaco. Sentimos um pouco a primeira partida, a qual foi bem acirrada, pois jogamos contra uma equipe multicampeã. Com a chegada das novas atletas e aumentando a intensidade dos treinamentos, queremos alcançar os pontos que foram perdidos em casa. O Londrina é uma equipe forte, que joga a Liga Nacional de Futsal (LNF), desse modo precisamos entregar muito mais em técnica”.

Escalação

AFFLS: goleira Sardi (12), Elenize (10), Fernandinha (05), Yasmin (08), Campra (18). Reservas: Elis (09), Machado (11), Andressa (14), Luuh (22), Larissa (96), Carol (99), Tassi (07). Técnico: Gustavo Rossetim

Londrina: goleira Milena (02), Gloria (07), Carol (10), Bruna (04), Vanessa (12). Reservas: Louraine (20), Ana Caroline (10), Bia (08), Tamy (14), Fernanda (09), Dani (11), Duda (05), Larissa (01).

Técnica: Jayne Borin 

Resumo

Em partida disputada a equipe do OLF começou o jogo com mais energia, e entrosamento. O domínio e marcação do time laranjeirense, deu trabalho as donas da casa. Porém mesmo com todo esse estudo do passe adversário, as meninas do Operário foram superadas pela equipe do Londrina, numa partida que terminou em 4×1.

Os gols desta rodada foram feitos no 2º tempo, sendo três da camisa 11 Dani e um da camisa nove Fernanda para o Londrina. O Operário aproveitou o bate e rebate, e diminuiu o placar com um gol da camisa 10 Elenize.

O próximo jogo das meninas será em Laranjeiras, na Arena Laranjão, no dia 15 de maio contra o Maringá Seleto Clube.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail